Tricô vaginal: você não vai acreditar onde a artista guarda o novelo de lã!
669
Compartilhamentos

Tricô vaginal: você não vai acreditar onde a artista guarda o novelo de lã!

Último Vídeo

Existem obras de arte que, mais do que terem sido pensadas para ser apenas belas, têm como principal objetivo despertar discussões sobre temas polêmicos. Pois aqui se encaixa perfeitamente a apresentação da artista e ativista australiana Casey Jenkins, que passará 28 dias em uma instalação montada em uma galeria de arte tricotando com novelos de lã que se encontram introduzidos em sua vagina. Não, caro leitor, você não leu errado.

De acordo com o Mirror, a intenção de Casey com a apresentação é a de mostrar que a genitália feminina não tem absolutamente nada de assustador ou chocante. Conforme explicou, se trata simplesmente de uma parte do corpo como outra qualquer, incapaz de atacar ninguém.

Tricotando

Fonte da imagem: Reprodução/YouTube

Para provar isso, a artista insere um novelo de lã diariamente, e vai puxando o fio enquanto tricota uma espécie de cachecol. E como a exibição deve durar 28 dias, isso inclui o período menstrual da australiana. Pois é... Para Casey não faria sentido algum interromper a sua obra apenas por esse motivo, embora ela admita que a atividade fique mais difícil durante esses dias devido à umidade extra.

Segundo a australiana, sua apresentação é incomum e também restritiva, já que ela está fisicamente conectada ao tricô que está produzindo. Isso significa que a artista não consegue ficar perambulando livremente, mas ela garante que a atividade não é dolorosa. Afinal, como Casey mesmo disse, se tiram bebês por ali, o que é um mísero novelo de lã? E você, leitor, o que acha da ideia da artista? Chocante demais para transmitir a sua mensagem?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.