Terapeuta de casais revela 4 motivos para acabar um relacionamento
211
Compartilhamentos

Terapeuta de casais revela 4 motivos para acabar um relacionamento

Último Vídeo

1 – Quando você vive em um relacionamento abusivo

Estamos falando aqui de um assunto seríssimo, e não importa se o abuso é físico, verbal, sexual, emocional ou financeiro. O que importa é que ninguém tem o direito de diminuir e agredir você, tampouco tirar proveito de sua vida financeira ou de alguma condição psicológica.

Algumas pessoas têm receio de acabar uma relação pelos mais diversos motivos, mas é preciso ter em mente que é muito melhor não ter envolvimento emocional com ninguém do que pagar um preço alto demais por isso. Vale lembrar também que violência é crime, e que é possível denunciar e evitar que a coisa piore. Na dúvida, disque 180.

2 – Seu parceiro mente demais ou tem um ciúme doentio

Às vezes, por questões psiquiátricas mesmo, algumas pessoas mentem de maneira compulsiva ou demonstram um ciúme doentio, controlador. Infelizmente, esse tipo de comportamento, especialmente por ser tão corriqueiro, é um grande indicativo de que a relação pode não valer a pena. A não ser que a pessoa esteja realmente determinada a mudar e fazer algum tratamento sério para isso, é melhor não continuar ao lado dela.

3 – Quando você sente que fez o seu melhor, mas nada adianta

É necessário fazer alguns esforços, sim, para que a relação se mantenha firme e saudável, mas, quando esses esforços parecem ser maiores do que deveriam ou parecem vir só de uma das pessoas envolvidas, é sinal de que as coisas não estão dando certo.

4 – Você tem uma sensação de que deveria terminar

Quando você simplesmente tem a sensação de que não deveria estar nesse relacionamento, é preciso levar em conta o que seus instintos estão dizendo. Estamos falando, basicamente, daquela sensação que se tem de que você e a outra pessoa estão juntas por comodismo, por conveniência ou por qualquer outro motivo que não inclua amor, respeito, carinho, paixão, vontade de construir uma vida juntos. Se não há nada disso, por que continuar?

***

Todas essas dicas foram dadas por Linda Carroll em uma publicação no The Independent.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.