Descubra por que você deve deixar o buraco de ventilação aberto nos aviões
539
Compartilhamentos

Descubra por que você deve deixar o buraco de ventilação aberto nos aviões

Último Vídeo

Você já deve ter reparado nos buraquinhos de ventilação sobre seu assento nos aviões, não é mesmo? Muita gente prefere que ele fique fechado, pois normalmente ele está mais frio do que dentro da aeronave e incomoda as pessoas. Porém, o ideal para a sua saúde é que ele permanecesse sempre aberto.

Acontece que o ar não circula por todo o avião como muita gente pensa: a porção que você respira é compartilhada, em média, por pessoas sentadas entre 3 a 7 fileiras de distância. Depois disso, esse ar vai encontrar arestas para sair da cabine e se misturar com o ar externo e fresquinho capturado pelos motores do avião.

Antes de entrar no avião, esse ar passa por filtros que limpam até 99,7% das partículas prejudiciais e das bactérias que podem causar algum problema de saúde. Esse processo costuma acontecer entre 15 e 30 vezes por hora de voo, mas, mesmo assim, não é capaz de retirar todas as impurezas que você inala.

O ar circula nas poltronas mais próximas à sua

Como o ar dentro dos aviões tende a ser mais seco, a mucosa do nariz também acaba se ressecando durante uma viagem, ou seja, ela fica menos eficiente na hora de barrar a entrada de vírus causadores de doenças como gripes, resfriados e tuberculose.

Ao deixar o fluxo de ar do alto de sua poltrona posicionado diretamente na sua frente, isso faz com que esses microrganismos sejam mais rapidamente empurrados para o chão, diminuindo as chances de você os inalar e ficar doente. Essa tática também ajuda seus colegas de seção da aeronave, por mais que eles não deixem a ventilação aberta.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.