Trabalhar em ritmos constantes pode melhorar a sua produtividade

Trabalhar em ritmos constantes pode melhorar a sua produtividade

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Talvez você já esteja familiarizado com o ciclo circadiano, o período de 24 horas no qual se baseia o nosso relógio biológico. É a partir dele que algumas pesquisas conseguem explicar porque tanta gente sente sono depois do almoço ou qual a relação entre ganhar peso e o horário do jantar.

Mas outro ciclo do corpo humano também é bem importante e pode lhe ajudar na hora de ser mais produtivo no trabalho e nos estudos. É o chamado ritmo ultradiano, que regula períodos que vão de 90 a 120 minutos.

As mãos de um homem.

Mas o que isso quer dizer para a produtividade?

Muita gente já sabe que o nosso sono é dividido em fases. Essa segmentação, no entanto, também vale para quando estamos acordados, e elas funcionam de forma até semelhante.

Como nossa atenção e níveis de dopamina mudam durante esse período, alguns pesquisadores da área recomendam dividir o trabalho em intervalos de 90 minutos, com pausas de 20 minutos entre eles, para manter o ritmo de produção constante.

Todos os melhores violinistas do mundo praticavam o uso do instrumento em três blocos de 90 minutos

Um exemplo é essa pesquisa, publicada pelo psicólogo Anders Ericsson. Ela mostrou que todos os melhores violinistas do mundo praticavam o uso do instrumento em três blocos de 90 minutos, fazendo pausas para descansar entre eles.

Ou seja, na próxima vez que você estiver no escritório ou estudando para aquela prova difícil do dia seguinte, lembre-se que a concentração em intervalos regulares pode ser bem mais vantajosa do que passar horas seguidas quebrando a cabeça no mesmo problema.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.