29
Compartilhamentos

Mulher descobre que, em vez de estar grávida, carregava um cisto de 26 kg!

Não caro, leitor, a foto que colocamos ali em cima, na abertura da matéria, não mostra a grávida que não estava grávida! Como algumas pessoas podem achar a imagem um pouco forte, optamos por deixá-la oculta — e quem quiser ver, pode escolher por fazer isso. Enfim, a “gestante”, segundo Robin Eveleigh, do Mirror, é uma mulher de 28 anos de idade chamada Keely Favell, de Swansea, no Reino Unido, e sua saga começou em 2014, quando ela pensou que tinha ganhado uns quilinhos a mais.

Ganho de peso

De acordo com Robin, Keely, que está casada há 10 anos, notou um belo dia que a sua “barriguinha” tinha começado a aumentar e, em um primeiro momento, não deu muita bola, associando a condição a um simples ganho de peso. Entretanto, como o ventre não parava de crescer, Keely começou a suspeitar que podia estar grávida — e chegou a fazer vários testes de gravidez, que sempre davam negativo.

Coitada... (Mirror)

Com o tempo (e com a barriga ficando cada vez maior), Keely resolveu procurar ajuda médica para saber o que poderia estar acontecendo. Mesmo depois de diversas visitas, inclusive o clínico dela estava convencido de que só podia se tratar de uma gestação — e só foi após a realização de uma ultrassonografia que a moça descobriu que, em vez de estar carregando um bebê (ou vários!), o que ela tinha no ventre era um baita de um cisto.

Antes da cirurgia para a remoção do cisto (Mirror)

Conforme mencionamos no título da matéria, a massa bateu impressionantes 26 quilos na balança — ou o equivalente a sétuplos, caso Keely realmente estivesse grávida! Os médicos a diagnosticaram com um imenso cisto de ovário e a submeteram a uma cirurgia na qual levaram 5 horas para remover o enorme volume.

Como pode?

E você está se perguntando como é que Keely deixou as coisas irem tão longe? Afinal, foram 26 quilos que tiraram dela, né? A britânica contou que nunca foi muito magrinha e o aumento da barriga foi bastante gradual. Antes de procurar o médico, Keely fez pelo menos 3 testes de gravidez em casa e, após ser encaminhada pelo clínico para a realização de exames de sangue específicos, como sua barriga era tão característica de gestante, mesmo com os resultados dando negativo, o sujeito insistia que ela só podia estar grávida — e que devia ter ocorrido algum problema com os testes.

Imagine carregar 26 quilos extra! (Mirror)

Foram necessários vários testes com resultado negativo — e muita insistência por parte de Keely — para que ela fosse encaminhada para a realização do ultrassom. E a gente reclamando do sistema de saúde daqui do Brasil... Foi apenas a partir desse exame que a britânica foi submetida a tomografias e outras análises para determinar a gravidade do caso. Quando finalmente passou pela cirurgia, Keely já apresentava dificuldade para se locomover e respirar!

Cicatriz enorme (Mirror)

O procedimento ocorreu em março, e a britânica acabou tendo um dos ovários removidos. No entanto, além de uma cicatriz de 30 centímetros na barriga e de uma porção de estrias, Keely não sofreu mais nenhuma consequência e poderá engravidar no futuro — de verdade!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.