Cérebros de pessoas que bebem chá podem estar mais protegidos

Cérebros de pessoas que bebem chá podem estar mais protegidos

Último Vídeo

Um estudo recente apontou que pessoas que bebem chá regularmente possuem uma melhor organização cerebral — algo relacionado a uma função cognitiva mais saudável em comparação com os que não bebem.

Feng Lei, professor assistente do departamento de medicina psicológica da Escola de Medicina Yong Loo Lin da Universidade Nacional de Singapura conduziu um estudo que mostrou que o consumo diário de chá pode reduzir o risco de declínio cognitivo em 50% dos idosos analisados.

"Nossos resultados oferecem a primeira evidência da contribuição positiva do consumo de chá para a estrutura do cérebro e sugerem que o consumo regular da bebida tem um efeito protetor contra o declínio relacionado à idade na organização do cérebro", explica Feng.

Chá pode proteger o cérebro

A equipe de pesquisa recrutou 36 adultos com 60 anos ou mais e reuniu dados sobre sua saúde, estilo de vida e bem-estar psicológico. Os idosos também foram submetidos a exames neuropsicológicos e ressonância magnética. O estudo foi realizado entre os 2015 a 2018.

Ao analisar o desempenho cognitivo e os resultados de imagens dos participantes, descobriu-se que os indivíduos que consumiram chá verde, chá oolong ou chá preto pelo menos quatro vezes por semana durante cerca de 25 anos tinham regiões cerebrais interconectadas de maneira mais eficiente.

"Vamos utilizar o tráfego rodoviário como exemplo — considere as regiões do cérebro como destinos, enquanto que as conexões entre as regiões do cérebro são estradas. Quando um sistema rodoviário é melhor organizado, o movimento de veículos e passageiros é mais eficiente e utiliza menos recursos. Da mesma forma, quando as conexões entre as regiões do cérebro são mais estruturadas, o processamento da informação pode ser realizado com mais eficiência”, explicou Feng.

Pesquisa aprofundada

Como o desempenho cognitivo e a organização cerebral estão intrinsecamente relacionados,  mais pesquisas são necessárias para entender melhor como funções emergem dos circuitos cerebrais e as possíveis intervenções para preservar melhor a cognição durante o processo de envelhecimento. 

Esta não é a primeira pesquisa que mostra as vantagens da bebida, já que estudos anteriores já haviam apresentado que a ingestão de chá é benéfica para a saúde humana. Seus efeitos positivos incluem melhora do humor e prevenção de doenças cardiovasculares.

Ao que tudo indica, quem não bebe chá tem ótimos motivos para começar.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.