Seja o primeiro a compartilhar

Canja realmente faz bem quando estamos doentes?

Quando alguma doença aparece, nem sempre é fácil repousar adequadamente, muito menos encontrar conforto em algum alimento. Mas, curiosamente, a canja figura entre as refeições mais procuradas nessa situação. Será que ela tem mesmo o poder de curar enfermidades?

Nesse tipo de cenário, de um lado, temos a ação de vírus ou outros patógenos; do outro, o organismo luta para combater a doença. E no meio disso tudo, é necessário que o corpo tenha condições para reestabelecer o equilíbrio e desempenhar suas funções.

É por isso que a canja, apesar de não se tratar de um remédio milagroso, reúne diversos nutrientes essenciais para nos manter saudáveis, mas que também fazem toda a diferença quando estamos debilitados.

(Fonte: Getty Images/Reprodução)(Fonte: Getty Images/Reprodução)

O poder nutritivo da canja

Começando pela água, que está presente em todas as células do organismo e desempenha um papel importante ao manter o corpo hidratado e a prevenir o surgimento de várias doenças. Além disso, ela atua na regulação da temperatura e de quebra auxilia na eliminação de toxinas, o que ajuda no tratamento.

O frango é um curinga, já que a proteína é fundamental para uma nutrição adequada. E com um sabor que conquistou o paladar dos brasileiros, também é associado a uma melhora no apetite. Legumes e verduras ganham um papel especial ao serem fontes de vitaminas e minerais, sem falar nos oxidantes.

A cenoura, por exemplo, é fonte de vitaminas A e C. A batata, por sua vez, é fonte de vitaminas do complexo B e carboidratos. O macarrão, da mesma forma, também é uma poderosa fonte de energia. 

Ou seja, trata-se de uma opção alimentar que vai muito além de reduzir o desconforto e merece ser considerada com carinho quando estamos indispostos e mesmo quando alguém querido precisa de uma alimentação completa e saborosa para se recuperar de uma gripe ou resfriado.

(Fonte: Getty Images/Reprodução)(Fonte: Getty Images/Reprodução)

Mil e um benefícios

Apesar de cada um preparar a receita da sua própria maneira, são múltiplas as possibilidades de se aproveitar disso para incrementar a canja e apostar em temperos estratégicos. Dentre eles, destaque para o alho. Ele possui forte ação anti-inflamatória, e além de realçar o sabor dos alimentos e ter poucas calorias, ajuda a reduzir a pressão arterial.

Se pararmos para pensar nos detalhes, o próprio fato da canja ser servida quente já constitui outro ponto positivo. O vapor ajuda a desobstruir as vias nasais e melhora a sensação de conforto e bem-estar. Beber o líquido da canja é altamente recomendado, portanto.

Por ser considerada uma refeição mais leve, ela também reduz o desconforto gastrointestinal, que resulta tanto em enjoos, quanto numa menor disposição de se alimentar. No final das contas, uma coisa é certa: apesar da canja não ser um remédio como indicam as crenças populares, seus benefícios alimentares são bem reais.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.