Estudantes que tomaram água tiveram resultados até 10% melhores (Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Um estudo conduzido por psicólogos do Reino Unido chegou a uma conclusão bastante curiosa: estudantes que ingerem algum líquido (preferencialmente água) durante a realização de uma prova têm desempenho até 10% melhor do que quem não toma nada.

Apesar de os motivos para tal fato ainda não estarem totalmente esclarecidos, os psicólogos acreditam que o grande benefício seria a hidratação. Conforme publicou o The Telegraph, os psicólogos responsáveis pela pesquisa afirmaram que estar mais bem hidratado causa impacto positivo no cérebro.

A pesquisa foi feita com centenas de estudantes universitários do primeiro e segundo ano de seus cursos, bem como com alunos da pré-graduação. Entre os alunos do primeiro ano, os que tomaram água durante a prova obtiveram desempenho até 5% melhor. Entre os alunos de cursos preparatórios para a universidade, os resultados foram até 10% superiores em relação aos dos colegas que não ingeriram líquido.

Contudo, entre os alunos do segundo ano de graduação, não houve nenhuma diferença significativa entre os que tomaram ou não água durante a prova.

Explicação?

Para Mark Gardner, um dos colaboradores da pesquisa, o efeito maior da ingestão de líquidos nos mais jovens pode ser psicológico, auxiliando na redução da ansiedade durante a realização de um teste.

Outra possibilidade apontada pelo psicólogo é o comportamento do estudante. “Alunos mais jovens podem não ter uma alimentação saudável, podem ter ficado fora até tarde na noite anterior, e [por isso] podem precisar beber mais água para não ficarem desidratados”, relatou Gardner.