Exportamos: a zika pode se tornar uma epidemia mundial?
211
Compartilhamentos

Exportamos: a zika pode se tornar uma epidemia mundial?

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Aqui, no Mega, nós já explicamos o que é o zika vírus, transmitido pelo temido mosquito Aedes aegypti. É ele o responsável pelo aumento assustador dos casos de microcefalia no Brasil e em outros países do mundo – clique aqui para saber melhor o que é a microcefalia.

Nesta quinta-feira (28), a diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, anunciou a criação de um comitê de emergência para tratar especialmente do vírus zika. A primeira reunião do comitê deve acontecer já na próxima segunda-feira (1), em Genebra, para que sejam abertas as discussões a respeito das malformações e doenças neurológicas provocadas pelo zika.

O mesmo comitê deve estipular o nível de gravidade da epidemia do vírus e decidir se estamos realmente diante de uma emergência de saúde pública internacional, como foi com o ebola. Até agora, de acordo com Chan, 23 países já registraram casos de microcefalia relacionados ao vírus.

“A chegada do vírus a algumas localidades foi associada a um grande aumento no nascimento de bebês com cabeça anormalmente pequena e casos de Síndrome de Guillain-Barré”, disse a diretora da OMS. “As possíveis ligações [entre o vírus e os casos de malformação congênita e síndromes neurológicas], apenas recentemente levantadas, rapidamente mudaram o perfil de risco do zika, de uma leve ameaça a algo de proporções alarmantes. A crescente incidência de microcefalia é particularmente alarmante, já que coloca um fardo de partir o coração sobre famílias e comunidades”, completou Chan em declaração publicada pela Agência Brasil.

A situação, que já não é boa, fica ainda pior graças a fatores como baixa imunidade, falta de vacinas e de tratamentos específicos, carência de exames que possibilitem diagnóstico rápido e, claro, a existência do grande disseminador do vírus, já que o mosquito Aedes aegypti existe em diversos países.

“Além disso, condições associadas aos padrões de clima impostos pelo El Niño este ano devem aumentar a população do mosquito de forma significativa em diversas áreas. O nível de preocupação é alto, como o nível de incerteza. Perguntas não faltam. Precisamos obter algumas respostas rapidamente”, garantiu Chan.

Entre outubro de 2015 e 20 de janeiro de 2016, 270 crianças brasileiras nasceram com microcefalia, ainda que não tenha sido confirmado se em todos os casos a condição foi provocada pelo vírus – há, ainda, outros 3.448 casos suspeitos. Além do vírus, a microcefalia pode ser também provocada por sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus e herpes viral.

Você também pode – e deve! – ajudar a combater o mosquito, e fazer isso é muito simples: pelo menos uma vez por semana, faça uma vistoria nos possíveis acumuladores de água em sua casa e os esvazie. Vasos de flores, pneus, garrafas, calhas, baldes e afins podem se tornar o ambiente ideal para que o mosquito se desenvolva. Se você tem bichinhos de estimação, fique de olho nos potinhos de água deles!

Você faz a sua parte para combater o mosquito Aedes aegypti? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.