Festival vegetariano na Tailândia tem apresentação extrema de automutilação
678
Compartilhamentos

Festival vegetariano na Tailândia tem apresentação extrema de automutilação

Último Vídeo

Os benefícios que vegetarianismo e veganismo trazem à sua saúde são bastante divulgados. Porém, o que pouca gente sabe no Ocidente é que na Tailândia existe uma crença de que não comer carne durante o nono mês do calendário chinês auxilia também a sua paz de espírito – tanto que muitos adeptos se submetem a práticas aparentemente muito dolorosas.

O festival vegetariano de Phuket, por exemplo, reúne pessoas dispostas a mostrar os benefícios que uma dieta com a ausência de carne pode trazer à sua saúde. O evento ocorre todos os anos, desde 1825, e conta com práticas extremas de automutilação e de aplicação de piercings, conduzidas pelo devotos religiosos do grupo Ma Song.

Mas não se trata apenas daquelas joias com que você pode facilmente perfurar o nariz ou a sobrancelha, por exemplo: são situações extremas, que incluem facas, espadas e inúmeros outros objetos gigantes atravessando seus lábios e suas bochechas. Confira alguns exemplos na galeria abaixo:

Polêmica contra produtos vegetarianos

Neste ano, porém, uma polêmica rondou o festival na Tailândia. O órgão que inspeciona os alimentos do país disse que é muito mais perigoso você ingerir um alimento supostamente vegetariano do que enfiar uma faca de cozinha através de sua língua, por exemplo. A alegação é de que em várias comidas que se dizem vegetarianas foram encontrados restos de carne. Além disso, diferentes frutas e vegetais estavam contaminados com agrotóxicos e inseticidas, trazendo ainda mais riscos a quem é adepto desse tipo de alimentação.

Os praticantes do piercing extremo aproveitam as comemorações do festival vegetariano para seus rituais bastante assustadores. Além de perfurações, eles caminham em fogo e sobem escadas de lâminas, por exemplo, tudo sob os olhares atentos dos participantes do festival.

“Eu entendi que o Ma Song segue a tradição chinesa da ‘troca justa’: os voluntários oferecem seus corpos para serem usados pelos deuses como uma forma de eles se manterem vivos através desse uso”, explicou Andreas Schneider, professor de Sociologia da Universidade do Texas que estudou a cultura presente no festival vegetariano tailandês.

Você pode conferir alguns desses rituais no vídeo abaixo, gravado durante o evento de 2011:

***

O que você acha desse tipo de ritual? Acredita que é possível não sentir dor alguma enquanto atravessa várias facas em seu rosto?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.