Braço artificial de piloto britânico solta em pleno pouso
52
Compartilhamentos

Braço artificial de piloto britânico solta em pleno pouso

Londres (AFP) – Um piloto da companhia aérea britânica Flybe perdeu brevemente o controle do avião quando seu braço artificial se soltou em pleno pouso, revela um relatório oficial divulgado nesta quinta-feira sobre o incidente, que não deixou vítimas.

O voo transportava 47 pessoas e cobria o trajeto doméstico entre Birmingham e Belfast no dia 12 de fevereiro. Ao chegar ao aeroporto norte-irlandês, quando estava pousando, o braço do piloto se soltou e ele precisou fazer a manobra com o outro, segundo o documento do órgão que investiga acidentes aéreos.

Ele fez com que a aeronave quicasse ao tocar o solo, mas ninguém ficou ferido e o avião completou a aterrissagem sem problemas. A empresa comemorou o fato de não discriminar seus funcionários. Ian Baston, diretor de operações de voo e segurança da companhia, afirmou que “o capitão veterano citado no documento é um dos pilotos mais experientes e dignos de confiança” da Flybe.

“A companhia aérea confirma que em nenhum momento a segurança dos passageiros e da tripulação esteve comprometida e que a aeronave não sofreu danos”, acrescentou. O capitão que protagonizou o incidente, de 46 anos, se comprometeu a ser mais cuidadoso garantindo que seu braço artificial esteja bem fixado e explicando aos copilotos o que fazer caso algo similar volte a ocorrer.

Via EmResumo

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.