12 fatos interessantes sobre os primatas
52
Compartilhamentos

12 fatos interessantes sobre os primatas

Último Vídeo

Os primatas são muito inteligentes, com comportamentos que reforçam a sua proximidade com os seres humanos na escala evolutiva. Especificamente chimpanzés, gorilas, orangotangos e bonobos apresentam características incríveis e curiosas. Conheça algumas logo abaixo.

1 – O orangotango tem a infância mais longa entre qualquer animal em todo o mundo. Os bebês são carregados e alimentados pelas mães até que estejam com seis anos de idade e, normalmente, ainda ficam com elas por mais alguns anos. As fêmeas se mantêm ao lado das mães até sua adolescência.

2 – O macaco-japonês (ou macaco das neves/imagem acima), do norte do Japão, tem pelos bastante grossos e seu habitat é composto de nascentes de água quente para mantê-los aquecidos. Esses pelos tem duas camadas isolantes, fator que permite que o animal saia de uma fonte de água quente e caminhe na neve sem sofrer hipotermia.

3 – Esse animal esquisitinho da imagem acima é um Tarsius, um primata noturno. Cada um de seus grandes olhos tem aproximadamente 16 mm de diâmetro, sendo maior até do que o seu cérebro, e lhe permite enxergar melhor durante a noite.

4 – O macacos rhesus adora brincar e criar confusão com as suas travessuras. Essas criaturas costumam invadir aldeias na Índia, entrando nas casas para roubar comida e pular de estruturas altas em grandes saltos só por diversão.

5 – O bugio é um macaco com uma característica bastante marcante: seu rugido pode chegar a 90 decibéis e pode ser ouvido a quilômetros de distância. Essas vocalizações de grande intensidade do bugio acontecem devido ao enorme volume do osso hioide e servem para afugentar possíveis invasores. Confira o rugido no vídeo acima. 

6 – O mandril (na imagem de destaque e abaixo) é o maior macaco da Terra e tem um visual incomum com o seu belo focinho colorido. Mas não é só no nariz que eles têm uma coloração forte. As suas nádegas também apresentam um tom colorido, que se torna ainda mais intenso à medida que chega a maturidade sexual, principalmente entre os machos. Os dominantes machos "alfa” têm a pigmentação ainda mais brilhante.

7 – O macaco de cauda longa (conhecido também como Macaco do Velho Mundo) é bastante inteligente, fazendo suas próprias ferramentas para realizar tarefas como abrir mariscos para se alimentar. Eles são conhecidos ainda por um costume meio pentelho: arrancar os cabelos da cabeça de um ser humano para usar como fio dental.  

8 – Para os bonobos (conhecidos também como chimpanzé-pigmeu), "faça amor, não faça guerra" é o mantra. Em vez de lutar, eles preferem usar a relação sexual — incluindo indivíduos do mesmo sexo — para resolver disputas e problemas. Mais fácil, não é? Ninguém se machuca e no final fica tudo bem.

9 – Considerados os macacos do Novo Mundo mais inteligentes, os macacos-prego (imagem acima) usam ferramentas, podem reconhecer imagens de si mesmos no espelho e aprender rapidamente, razões pelas quais a indústria cinematográfica e de séries gosta de colocá-los em suas produções. Quem aí se lembra do macaco Marcel, do Ross, da série Friends?

10 – Os macacos-de-Gibraltar são a única população de macacos selvagens da Europa, totalizando cerca de 300. Como medida de precaução, alimentá-los (sem ser pelos órgãos responsáveis) é punível com uma multa de cerca de 800 dólares, um esforço para impedir que os animais se tornem dependentes dos seres humanos.

11 – O babuíno-gelada (Theropithecus gelada) é uma espécie de primata que vive apenas nas terras altas da Etiópia. O animal (imagem acima) é grande e robusto, e os machos têm uma mancha vermelha no peito. Quanto mais viva a cor é, mais viril ele é considerado.

12 – Os chimpanzés são os parentes vivos mais próximos aos seres humanos, com 99% de seu DNA em comum. Eles usam ferramentas, têm hierarquias sociais complexas e relações, podendo ainda serem ensinados com a linguagem de sinais.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.