Conheça as características e fatos sobre os grandes tubarões brancos
41
Compartilhamentos

Conheça as características e fatos sobre os grandes tubarões brancos

Último Vídeo

Hoje vamos falar dele que é o maior predador dos oceanos: o grande tubarão branco (Carcharodon carcharias). Apesar de carregar o título de matador dos mares, muitas pesquisas científicas recentes têm “limpado” essa imagem desse imenso peixe.

Tudo porque, apesar de serem muito temidos pelos homens, eles são responsáveis apenas por cerca de 5 a 10 ataques ao ano e que são raramente fatais, de acordo com a BBC Nature.  

Isso porque esses animais são naturalmente curiosos e, geralmente, mordem os humanos apenas para dar uma “experimentada” no sabor, liberando sua vítima em seguida. Pode não parecer algo muito confortador, mas isso significa que os seres humanos não fazem parte de seu prato favorito.

Segundo um artigo publicado no Live Science, os grandes tubarões brancos estão entre os tipos mais conhecidos, sendo identificados pela sua dimensão, sua pele acinzentada, as barrigas brancas e as assustadoras fileiras de até 300 dentes triangulares serrilhados e afiadíssimos.

Dimensões e “poderes”

Como estamos falando do maior predador dos mares, obviamente o seu tamanho é grandioso, sendo que eles podem atingir uma média de 4,6 metros de comprimento, mas já houve registros de exemplares com mais de sete metros e pesando mais de duas toneladas. E as fêmeas são maiores do que os machos.

Todo esse tamanhão é ainda combinado com alguns “poderes” que os ajudam no dia a dia. Um deles é a capacidade de detectar uma única gota de sangue a quilômetros de distância, o que é bastante útil na hora de perseguir uma presa mais vulnerável. Além disso, ele também consegue detectar pequenas descargas elétricas do coração, mínimas vibrações e movimento de brânquias.

Outra característica que lhe dá vantagem é a sua tonalidade acinzentada (seu nome é tubarão branco devido à barriga dessa cor), que é ótima para o animal se camuflar no fundo do mar, principalmente em áreas rochosas.

Além de tudo isso, os tubarões brancos têm um formato de corpo que pode ser dito como aerodinâmico, em forma de torpedo, que pode atingir grandes velocidades úteis para caça e fuga. Eles são potentes nadadores e têm caudas poderosas que podem gerar um impulso na água que pode atingir até 40 quilômetros por hora.

Alimentação e hábitos

O tubarão-branco não tem muita frescura para comer e o que vier ele manda para dentro. Entre as suas principais presas estão os leões-marinhos, focas, baleias, tartarugas marinhas e até mesmo carniça, principalmente vinda de cadáveres de baleia que estão à deriva. Algumas vezes, o tubarão pode virar a presa, quando confrontado com a sua maior inimiga: a baleia orca.

Sabe-se que os tubarões-brancos são animais sociáveis, mas restritos, pois se deslocam em pequenos grupos. Na verdade, tanto o comportamento quanto a estrutura social deste tubarão pode variar bastante. Nos exemplares da África do Sul, por exemplo, esses animais têm uma hierarquia de dominância, dependendo do tamanho, o sexo e os direitos de posse.

As fêmeas dominam os machos, enquanto os tubarões maiores dominam os menores e os donos de território dominam os recém-chegados. 

Mas eles raramente recorrem ao combate em situações de stress, embora alguns indivíduos já tenham sido encontrados com marcas de mordida que correspondem às de outros tubarões brancos. Isto sugere que quando há um conflito, eles reagem com uma mordida de advertência (do tipo: “se liga!”) ou para mostrar quem manda ali.

Na verdade, a estrutura social de um grupo pode ser comparada com a de uma matilha de lobos, em que cada membro tem uma posição claramente definida e cada clã tem um líder alfa.

Habitat

Segundo o Live Science, os grandes tubarões brancos são encontrados principalmente ao longo das costas da Austrália, África do Sul, Califórnia e no nordeste dos Estados Unidos. Porém, eles também podem ser encontrados em menor número nos Açores, Brasil, Caribe, costa leste e noroeste da África, Seychelles, Madagascar, Ilhas Maurício, Sri Lanka, norte da Austrália, Filipinas e Havaí.

Esses animais preferem mares quentes e áreas costeiras temperadas, sendo que podem ser encontrados nadando na superfície ou até 250 metros de profundidade, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

Reprodução

Os grandes tubarões brancos também atingem a maturidade sexual por volta dos 15 anos de idade. Eles são animais ovovíparos, ou seja, os ovos se desenvolvem e eclodem no útero e continuam a se desenvolver até o nascimento, sendo que o período da gestação é de onze meses.

De acordo com o Live Science, os filhotes são capazes de engolir seus próprios dentes quando ainda estão no ventre de sua mãe, hábito que pode acontecer para o aproveitamento do cálcio e de outros minerais. Os dentes voltam a crescer normalmente mais tarde.

Quando o filhote nasce, ele pode medir de 1,2 a 2,5 metros de comprimento, sendo completamente capaz de cuidar de si mesmo. Assim que eles nascem, já nadam imediatamente para áreas afastadas de sua mãe a fim de caçar de pequenos animais marinhos. Os grandes tubarões brancos podem viver até os 70 anos de idade.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.