1998, o ano dos jogos clássicos
10
Compartilhamentos

1998, o ano dos jogos clássicos

Último Vídeo

O cinema surgiu no início do século passado e, durante toda a sua história, anos específicos reuniram os lançamentos de diversos filmes icônicos. Por mais que tecnicamente essas obras possam não ser as melhores já produzidas, seu impacto foi tão grande que elas são lembradas até hoje.

Como exemplo temos o ano de 1984, quando estrearam nos cinemas "Indiana Jones e o Templo da Perdição", "Karate Kid" e "O Exterminador do Futuro", filmes que ganharam sequência ou refilmagens recentes, mostrando sua relevância.

Já os primeiros videogames foram lançados no início dos anos 1980, mas na época poucos imaginavam a proporção que os jogos eletrônicos alcançariam anos depois. Atualmente, muitos jogos podem ser considerados verdadeiras obras de arte, com histórias envolventes e visuais incríveis.

Assim como no cinema, visual não é tudo, e títulos lançados há 20 anos ainda influenciam as novas gerações. Considerando o crescimento recente desse mercado, 1998 pode ser considerado o ano de ouro dos videogames, com uma série de jogos lançados que entraram para a história.

Ano de ouro

A popularização de jogos eletrônicos é recente e veio junto com a facilidade de acesso a equipamentos em que se possa jogar. Hoje, podemos recorrer ao nosso smartphone para isso, mas há 20 anos a realidade não era assim tão fácil.

Já existiam os jogos para computadores, mas na época os consoles eram mais populares pela facilidade na utilização. Além disso, era muito comum o empréstimo de cartuchos e CDs dos amigos, além da possibilidade de alugar jogos, quando ainda havia locadoras.

Em uma época em que a internet ainda engatinhava e jogos online eram algo futurista, quem tinha um Nintendo 64 ou um PlayStation podia desfrutar dos últimos lançamentos, que se tornariam clássicos do mundo dos games.

Se você não viveu essa época, saiba que mesmo sem um multiplayer de respeito esses jogos faziam uma tarde de sábado passar em um piscar de olhos, com seus gráficos 3D e suas histórias envolventes.

20 anos de sucesso

Lançadas nos EUA para o console portátil Game Boy, as versões azul e vermelha de Pokémon surgiram em 1998. Convenhamos, nem é preciso falar muito sobre a importância dessa série, que teve uma versão com realidade aumentada lançada 20 anos depois e ainda possui uma grande quantidade de fãs.

Outro clássico indiscutível, considerado por muitos veículos como um dos melhores jogos de todos os tempos, é The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Lançado para o Nintendo 64, ele não foi o primeiro título da série, mas oferecia algo inédito para a época, com uma combinação de mundo aberto tridimensional para exploração, visual incrível e história envolvente. Além dele, foram lançados no mesmo ano Banjo-Kazooie e F-Zero X.

No outro principal console da época, o PlayStation, a situação não foi diferente. Apesar de trabalhar com apenas 32 bits e entregar gráficos menos refinados, os títulos mostram que um bom jogo não se faz apenas com o visual.

Para a maioria dos fãs da franquia — que possui até filmes inspirados nela , Resident Evil 2, lançado em 1998, é o jogo principal. Já Crash Bandicoot, Tekken 3, Metal Gear Solid e Gran Turismo são contemporâneos dos zumbis e possuem até hoje, além de uma legião de fãs, novos jogos baseados nos clássicos.

Grandes jogos para computador também surgiram nesse ano, como Starcraft e Half-Life, que serviu como base para um mod chamado Counter-Strike. Mesmo com o passar do tempo, esses títulos não perderam a relevância e ainda são jogados ao redor do mundo, inclusive em campeonatos.

Com o aumento do acesso a equipamentos eletrônicos que presenciamos atualmente, a tendência é de que cada vez mais pessoas, de todas as idades, passem utilizar jogos eletrônicos como forma de distração.

A identificação de um ano específico em que diversos títulos relevantes foram lançados pode parecer apenas uma coincidência. No entanto, no fundo, ele mostra o esforço que existiu para que produtos de alta qualidade fossem lançados e um novo mercado se tornasse realidade, pavimentando o caminho para a atualidade.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.