Gestos que você não deve fazer no exterior (só se você quiser problemas)
Seja o primeiro a compartilhar

Gestos que você não deve fazer no exterior (só se você quiser problemas)

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Quando a gente se prepara para fazer uma viagem, especialmente uma internacional, a preparação geralmente envolve descobrir qual é a documentação necessária para entrar no país de destino, quais são as principais atrações, como é o clima, informações sobre a culinária local e coisas do tipo, certo?

No entanto, poucos se lembram de buscar saber se existem regras de etiqueta estranhas ou se determinados comportamentos — que são muito, muito ordinários e completamente inocentes para nós — podem ser ofensivos para outras culturas. É aí que entram alguns dos gestos que fazemos no dia a dia e que, enquanto eles significam uma coisa aqui no Brasil, podem ser interpretados de maneira completamente diferente no exterior.

Foi pensando nisso que o nosso time decidiu produzir a animação a seguir — que reúne uma seleção de gestos que não devemos fazer no exterior, a não ser que a gente queira se meter em confusão! Lembrando que incluímos a transcrição do vídeo na sequência. Confira:

 [TRANSCRIÇÃO]

Estamos tão acostumados a fazer gestos com as mãos que eles já saem no automático!

Mas muito cuidado! Um gesto legal aqui pode ter um significado muito diferente e muito pior em outro país!

O “joinha”

Aqui no Brasil esse sinal é bem amigável, mas, na Tailândia, ele é um gesto provocativo. É quase a mesma coisa que mostrar a língua.

Paz e amor!

O sinal de “V” com os dedos nem sempre pede paz. Na Inglaterra, Irlanda e Austrália, o sinal também é provocativo e significa “guerra”!

Tips nervosos

Pare!

O sinal de “pare” por aqui é bem neutro e você faz pra demonstrar limites ou recusar alguma coisa, mas, na Grécia, a coisa fica bem feia!

O sinal lá significa “esfregar excremento na cara das pessoas”. Pois é, o sinal remete à época do Império Bizantino, quando as pessoas realmente esfregavam cocô na cara de prisioneiros como forma de humilhação.

Mão na cabeça!

Ainda na Tailândia, nunca toque na cabeça de alguém, principalmente se for uma criança. Os tailandeses acreditam que a alma da pessoa reside ali, por isso, é um local sagrado e deve ser respeitado!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.