7 tradições natalinas bizarras de diversas partes do mundo

7 tradições natalinas bizarras de diversas partes do mundo

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

1 — Sauna em família

sauna

Na Estônia, as famílias costumam reunir todo mundo para fazer uma sauna na noite de Natal, antes de irem à Igreja. Já pensou na sua família toda peladona em uma sauna natalina?

2 — Pepino escondido

pepino

Não se sabe ao certo a origem dessa prática, mas famílias dos EUA têm o costume de esconder um pepino na árvore de Natal. A criança que encontrar o pepino primeiro recebe um presente especial.

3 — Aquela iguaria natalina superestranha

nojo

Na Groenlândia, as pessoas comem um prato natalino chamado Kiviak que é feito, basicamente, com foca recheada por pássaros podres. A foca, no entanto, é preparada para não apodrecer também, caso isso sirva de consolo. Os passarinhos ficam apodrecendo por um período que varia de 3 a 18 meses, e aí quando a foca é aberta, a ideia é que se coma tudo cru mesmo. Hummm!

4 — No Natal você pode perguntar a um sapato sobre sua vida amorosa

sapato

Muitas pessoas na República Checa aproveitam o Natal para fazer uma simpatia típica da época. Funciona assim: do lado de fora da sua casa, você deve jogar um sapato para trás dos seus ombros no dia de Natal. Se o sapato cair apontando para a porta, você vai se casar em breve; mas se apontar para outro lado, você não está com muita sorte. Melhor tentar outra vez no Natal do ano seguinte.

5 — Aquele ritual para se livrar dos demônios

evil

Na Guatemala, o Natal serve também como um período de livramento. No dia 7 de dezembro, as pessoas participam da La Quema Del Diablo, que é, basicamente, um desfile no qual as famílias saem de suas casas com imagens do Coisa Ruim pegando fogo. Eles acreditam que essa é uma forma de se livrar das influências demoníacas.

6 — Aquela historinha inocente de Natal

fantasma

Na África do Sul, havia o costume de deixar biscoitos para o Papai Noel na época do Natal, então as famílias sempre depositavam alguns quitutes para o Bom Velhinho. Acontece que muitas crianças, sabendo da tradição, começaram a roubar os tais biscoitos, e nasceu aí a historinha bizarra de um menino chamado Danny.

Veja só que pedagógico: os pais contam até hoje a história do menino Danny, que tentou roubar os biscoitos do Papai Noel uma vez, mas foi pego no flagra por sua avó, que decidiu simplesmente MATAR o garoto. Não sendo isso bizarro o suficiente, a história continua agora com o espírito de Danny, que procura crianças travessas na época de Natal. Fim.

7 — Você já ouviu falar da Bruxa de Natal?

bruxa

Na Europa Oriental, uma das histórias contadas sobre o Natal envolve a bruxa natalina Frau Perchta. A dita cuja tem duas faces, sendo que uma delas é simpática, e é a mostrada para crianças boazinhas; agora a face maligna da bruxa só é vista por crianças que não se comportam. Ela vai à casa das crianças à meia-noite e deixa um pedacinho de prata nos sapatos das crianças comportadas.

As crianças que não se comportam, por outro lado, são punidas por uma cirurgia. A bruxa chega, abre a barriga das crianças, retira seus órgãos e os substitui por palha. Taí um jeito eficiente de criar traumas, não é mesmo?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.