Monstros de neve chamam atenção em montanha no Japão

 As montanhas Zao, no Japão, são um ótimo ponto turístico para os aventureiros de plantão. No inverno, o local é tomado por um fenômeno que vem chamando a atenção da internet nos últimos tempos, chamado de Juhyou — ou os “Monstros de neve” que tomam conta da paisagem local durante a época de frio.

Isso ocorre porque, neste período, as árvores da região são tomadas por grossas camadas de neve, as quais acabam sendo esculpidas pelos ventos siberianos que sopram pela superfície das montanhas e geram incríveis esculturas naturais. O resultado transforma-se em enormes figuras humanoides feitas de gelo.

A ameaça do aquecimento global

(Fonte: Wikimedia Commons)
(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Apesar de não se tratar de monstros de neve de verdade, o Juhyou — que pode ser traduzido para “árvores cobertas de neve” — é um grande aperitivo para a imaginação dos viajantes que atravessam as montanhas Zao. Todos os anos, milhares de turistas se reúnem para ver as figuras colossais tomando forma.

(Fonte: Carl Court/Getty Images/Reprodução)
(Fonte: Carl Court/Getty Images/Reprodução)

Entretanto, o aquecimento global tem colocado esse incrível fenômeno em risco. Para que as “criaturas” possam aparecer, as condições climáticas precisam estarem perfeitas. O ideal é que os ventos frígidos vindos da Sibéria se encontrem com as árvores cobertas de neve em estado de condensação em diferentes ciclos.

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)
(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Dessa forma, o vento consegue moldar e retorcer o gelo até desenvolver essas figuras abstratas cuja imagem lembra muito a de gigantes homens feitos de gelo. É bastante comum que a região de Zao apresente de dois a três metros de neve entre janeiro e março, que é quando o efeito costuma ocorrer.

Turismo nas montanhas Zao

(Fonte: Wikimedia Commons)
(Fonte: Wikimedia Commons)

As montanhas Zao podem ser um verdadeiro desafio para os escaladores mais habilidosos do mundo, visto que o seu pico está localizado a 1.841 metros de altitude. Entretanto, o trajeto até o fim da estrutura rochosa é um verdadeiro colírio para os olhos e capaz de deixar qualquer ser humano maravilhado com sua esplêndida vista.

Por outro lado, os turistas menos aventureiros possuem outras alternativas. Construído a cerca de 800 metros do nível do mar, o Zao Onsen é o primeiro resort de esqui em toda região japonesa de Tohoku e popular por servir de quintal para os impressionantes monstros de neve.

Para quem não pretende utilizar as pernas, o acesso ao local pode ser feito através de um bondinho. Em 2019, cerca de 77 mil pessoas utilizaram o sistema de teleféricos das montanhas Zao.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.