4 peças de roupa clássicas no mundo da moda e suas histórias

Ao longo da existência da vida humana na Terra, a moda tornou-se uma forma de expressarmos nossas personalidades e influenciou nossas vidas mais do que podemos imaginar. Por mais transitivo que um guarda-roupas possa ser, entretanto, existem algumas peças de roupa que parecem existir desde sempre e que marcaram época por mais de uma década.

Confira só a história por trás de quatro das vestimentas mais marcantes de todos os tempos!

1. Biquíni

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Criada pelo engenheiro francês Louis Réard, os biquínis foram ser modelados pela primeira vez apenas em 1946 pela ex-dançarina francesa Micheline Bernardini. Por ser considerada uma peça muito atrevida e escandalosa para as mulheres, a peça de roupa chegou a ser censurada pela Igreja Católica nos seus primeiros anos de aparição.

Porém, os biquínis foram usados em peso pelas participantes do concurso Miss Universo de 1951 e desde então passou a aparecer nos corpos de diversas celebridades com o passar do tempo. Em 1969, a capa da revista Playboy ilustrava uma moça usando o traje de banho, que logo explodiu para o mundo todo.

2. Jaqueta de couro

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Visual tradicional até mesmo nos dias de hoje, as jaquetas de couro foram criadas como uma peça fundamental para os aviadores participantes da Primeira Guerra Mundial. Com partes acolchoadas e golas altas, a vestimenta protegia os pilotos dos ventos fortes e era muito confortável.

Nos anos 50, o couro virou marca no visual de grupos de motoqueiros, espelhando um estilo de vida selvagem e despreocupado. A partir de 1980, entretanto, a peça de roupa se estabeleceu como marca de rockeiros e amantes do heavy metal para nunca mais desaparecer do mundo da moda. 

3. Terno

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Visual formal característico para os homens, o terno nos modelos atuais foi surgir em meados do século XIX na Inglaterra durante a Revolução Industrial. Vista como uma marca de seriedade, essa vestimenta traduz muita elegância e bom gosto para seus usuários e pouco mudou desde que foi inventada. 

Por mais que tenha ficado conhecida como uma roupa masculina, hoje em dia diversos modelos de terno também são feitos para as mulheres. Dessa forma, a peça acabou se transformando em uma roupa unissex. 

4. Sutiã

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais que hoje seja uma peça intima praticamente indispensável para as mulheres, a primeira versão do sutiã só foi aparecer em 1914. Sua primeira versão surgiu nas mãos da estilista Mary Phelps Jacobs, que desenhou uma peça feita com dois lenços de seda e ligaduras — uma espécie corpete semelhante aos modelos de sutiã atuais.

O mais marcante, por outro lado, é que a invenção do sutiã permitiu que as mulheres deixassem os apertados e dolorosos espartilhos de lado e partissem para uma vestimenta mais agradável e confortável. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.