Aposte no gengibre para turbinar a dieta

Aposte no gengibre para turbinar a dieta

Equipe MegaCurioso

Crédito: Thinkstock

Quem está suando a camisa na academia enquanto cuida da alimentação pode contar com uma ajudinha simples para ver as gordurinhas irem embora mais rápido. O gengibre, quando adicionado em bebidas e pratos, aumenta o gasto energético do corpo e, consequentemente, auxilia na perda de gordura corporal.

A dica é da nutricionista funcional da academia Mobi Dick, Amanda Nogarolli. De acordo com ela, além de ser um poderoso aliado do emagrecimento, o gengibre também tem nutrientes como vitamina B6, cobre, potássio e magnésio. Os benefícios para a dieta vêm do seu potencial termogênico, em que o alimento produz calor no corpo, forçando-o a gastar mais calorias.

Leia também:

E não é só para ajudar na dieta que o gengibre é recomendado. Ele também tem ação anti-inflamatória, antibacteriana e antisséptica, combatendo a proliferação de vírus e bactérias no organismo. Não é à toa que é recomendado tomar algumas doses de chá com o ingrediente quando você está com dor de garganta.

O gengibre também tem ação antioxidante, afastando os efeitos dos radicais livres na pele e na saúde, ao prevenir doenças. Pesquisadores da Universidade de Minnesota chegaram a concluir que a planta também tem o poder de retardar o crescimento de tumores no intestino.

Ao consumir gengibre, você deve ficar mais magra e ainda favorecer o clima em quatro paredes, já que ele é afrodisíaco. Por promover o aumento da temperatura corporal, o alimento contribui para a vasodilatação, facilitando a ereção no caso dos homens e intensificando a sensibilidade do clitóris nas mulheres.

Para aproveitar os benefícios do alimento, a nutricionista indica adicioná-lo em chá e sucos. Segundo ela, é possível consumir ao longo do dia até uma colher de sopa de gengibre cru ralado misturado em bebidas. Além da ação termogênica, ele também é pouco calórico: cada 100 gramas tem apenas 30 calorias.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.