As 'árveres somos nozes': maior chorona do Brasil fica em S. J. dos Campos
1.069
Compartilhamentos

As 'árveres somos nozes': maior chorona do Brasil fica em S. J. dos Campos

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

A Prefeitura de São José dos Campos (SP) entra para o RankBrasil em 2017 pelo recorde de maior árvore da chuva, também conhecida como chorona, cujo nome científico é Samanea saman. Com 40 metros de diâmetro e 12 metros de altura, a majestosa árvore fica no Parque da Cidade Roberto Burle Marx.

Essa é uma espécie encontrada com maior frequência no pantanal mato-grossense, no nordeste mineiro e na Amazônia Ocidental. O único exemplar de que se tem notícia em São José dos Campos foi tombado pelo Decreto nº 14.878/12, assinado em 10 de fevereiro de 2012. Esse ‘status’ de patrimônio ambiental atendeu a um pedido da Secretaria de Meio Ambiente e fez com que a árvore, que tem entre 90 a 100 anos, se tornasse imune ao corte. 

Árvore tem 40 metros de diâmetro e 12 metros de altura

De acordo com a diretora de turismo do município, Nazira Madureira, além da idade, da beleza, da raridade e da importância paisagística, a árvore de espécie arbórea é símbolo do Centro de Formação de Educadores de São José dos Campos por estar logo ao lado de sua sede, além de ser a ‘fachada’ para o Parque da Cidade.

A diretora destaca que o recorde tem a importância de criar mais um ícone para a cidade, atraindo publicidade, gerando mais uma identidade e estimulando o desenvolvimento turístico. “Também cria um novo atrativo para a demanda externa, além de estimular a população local a usufruir do Parque da Cidade e conhecer mais São José dos Campos”, finaliza.

Árvore da chuva, também conhecida como chorona, tem cerca de 100 anos de idade

*Via assessoria

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.