Já pensou se os hackers invadissem o seu vibrador?
69
Compartilhamentos

Já pensou se os hackers invadissem o seu vibrador?

Último Vídeo

O vibrador é um brinquedo sexual muito apreciado pelas mulheres (e por alguns homens também) – tanto que tem gerado até crises de ciúmes! Muitas empresas têm pensado em melhorias para esses gadgets, inclusive com a possibilidade de controle via internet e à distância.

Pensando nisso, um grupo de pesquisadores de segurança do Pen Test Partners buscou no centro de Berlim, na Alemanha, vibradores com conexão Bluetooth que estivessem dando sopa sem nenhum tipo de criptografia. Os estudiosos desconfiavam que a maioria não usa senha nenhuma para acesso ao aparelho e os que usam deixam os padrões de fábrica, como 0000 ou 1234.

VibradorGadgets controlados remotamente podem virar uma febre (e um perigo) no futuro

Através da análise de sinais e seus nomes, foi possível identificar rapidamente um vibrador Bluetooth conectado à internet com seu nome de fábrica – o que ajudou a detectar que se tratava de um objeto erótico. Eles notaram que era possível controlá-lo remotamente, inclusive colocando a vibração em nível máximo, mas não fizeram isso por motivos éticos (e óbvios).

A intenção do grupo foi justamente mostrar que as pessoas nem sequer se dão conta da vulnerabilidade de seus novos gadgets – inclusive os que seriam usados na maior das intimidades. Isso não deve servir para desestimular ninguém que queira algum novo aparelho inteligente, seja um vibrador ou uma geladeira, mas sim para alertar que um pouquinho de cuidado pode te poupar de um dor de cabeça muito chata (ou de um estupro virtual).

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.