25 coisas sobre voar que você provavelmente não sabia
06
Compartilhamentos

25 coisas sobre voar que você provavelmente não sabia

Último Vídeo

O universo que cerca os aviões costuma despertar diversos tipos de curiosidades nas pessoas: Como encontrar um voo barato?  Como fazer cocô dentro de um avião? Quais são os desafios que uma comissária de bordo enfrenta? Porém, dentre todas as curiosidades comuns que podemos ter, às vezes nos deparamos com factoides que respondem perguntas que nem mesmo sabíamos que tínhamos. Então aqui estão 25 coisas que você provavelmente não sabia sobre voar. Vamos lá?

1. Você perde em torno de um terço das suas papilas gustativas durante um voo

A comida de avião não é só “diferente” – ou ruim, para alguns – porque algumas companhias aéreas talvez não contratem os melhores chefs.  Acontece que cerca de um terço das suas papilas gustativas ficam adormecidas por causa da altitude. Isso também faz com que os sabores salgados do suco de tomate pareçam ter um gosto melhor – um dos grandes motivos para que muitas pessoas acreditem que a bebida Bloody Mary servida nos aviões é mais gostosa do que a servida em terra.

2. É impossível se trancar no banheiro

Você já reparou que os comissários de bordo giram um pequeno interruptor na porta do banheiro logo antes da decolagem e da aterrissagem? A função deste interruptor é trancar a porta para que ela não se abra sozinha durante estes momentos, e ele pode ser ativado ou desativado a qualquer momento. Então se eles pensarem que você é mais um no time de pessoas que tentam fumar dentro do banheiro do avião, eles podem entrar e te atrapalhar.

3. Pilotos e co-pilotos não podem comer a mesma refeição

Embora tecnicamente não seja um procedimento obrigatório pelas regas da AFA (Administração Federal de Aviação), a maioria das companhias aéreas exige que seus pilotos e co-pilotos comam refeições diferentes no avião, para que no caso de uma delas estar contaminada os dois não fiquem doentes.  Tenso hein?!

avião

4. A tripulação só é paga quando você está no ar

Os pilotos e comissários de bordo só são pagos pelas horas em que o avião está no ar. Isso significa que não é culpa deles que o voo tenha atrasado, ou que você esteja parado na pista dentro do avião. Então sejamos legais, ok?

5. Um avião é basicamente tão seco quanto o deserto do Saara

Talvez você tenha notado que suas mãos e sua garganta ficam secas durante o voo. Isso acontece porque o ar pressurizado na cabine fica mantido num grau abaixo de 20% da umidade relativa do ar, quase a média de umidade do Saara.

6. Você perde em torno de 227 gramas de água do seu corpo por cada hora que passa voando

Esse ar seco seca a água do seu corpo em uma média de 227 gramas por hora. Se formos fazer as contas, em um voo de longa duração de 10 horas, isso resultaria em aproximadamente uma garrafa de dois litros! Então é sempre bom lembrar de se manter hidratado.

7. O diminuir as luzes durante a decolagem e aterrisagem não é pra dar um clima legal

Isso é feito para que os olhos dos passageiros consigam se ajustar ao escuro caso haja uma emergência que faça com que as luzes se apaguem. Assim as pessoas não correm o risco de correrem as cegas em pânico.

avião

8. Aquele buraquinho na janela do avião pode salvar a sua vida!

Você já reparou naquele buraco pequenininho na parte de baixo da sua janela? Ele tem um motivo para estar ali. É um buraco de respiração, que mantém o ar quente para que você não sinta tanto frio, e também serve para regular a pressão, garantindo que se algo acontecer com o painel exterior da janela, a pressão não fará com que o interno se quebre, o que faria com que você tivesse que aspirar oxigênio a praticamente 10.700 metros de altura. Considere isso a “Fase 1” antes de as máscaras de oxigênio caírem do teto.

9. Mais pessoas morrem por causa do escapamento do avião do que por quedas

Hoje em dia acidentes aéreos são extremamente raros, especialmente quando falamos dos enormes jatos comerciais. Menos de 1.000 pessoas morrem em acidentes de avião a cada ano, incluindo os aviões pequenos. O que um estudo do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts – EUA)  descobriu em 2010, foi que cerca de 10.000 mortes por ano são culpa dos poluentes tóxicos emitidos por motores a jato.

10. Normalmente a turbulência só abaixa o avião em alguns metros

Ainda que você sinta como se estivesse prestes a ir direto para o chão com avião e tudo, as turbulências mais fortes apenas “derruba” o avião em poucos metros de altitude. Uma turbulência moderada - daquelas em que os pilotos pedem para que todos (inclusive os comissários de bordo) se sentem – movem o avião de 3 a 6 metros. Já uma turbulência mais agressiva, daquelas que vão ser contadas para o resto da vida, movem um avião por 30 metros nas circunstâncias mais extremas.

11. Os banheiros são, na verdade, aspiradores

Ao contrário do banheiro da sua casa, que puxa a água pra dentro do esgoto, os banheiros de avião são basicamente aspiradores: quando você puxa a descarga, uma válvula se abre e a pressão do ar suga tudo o que está na privada para um tanque na cauda do avião. Porém, aviões mais antigos e com sistemas de banheiro desatualizados ainda estão voando por aí, e é por causa deles que às vezes se escuta algum relato de esgoto congelado caindo do céu.

12. A envergadura de um Airbus tem o dobro do comprimento do voo original

Em 1903, primeira vez em que voaram, Wilbur e Orville Wright só conseguiram viajar por 38 metro. Hoje, a envergadura do maior avião comercial, o Airbus380, é de 79,85 metros.

13. Um Boeing 747 tem cerca de 240 – 280 quilômetros de fiação dentro dele

Isso é quase o suficiente para esticar através do estado de Massachusetts, nos EUA. Além da fiação enorme, ele também tem 6 milhões de peças!

avião

14. Ele também é mais eficiente em termos de combustível do que um carro híbrido

Um Boeing 747 chega a 322 metros por galão, queimando 36 mil litros de combustível durante um voo de 10 horas. Um gasto tremendo de combustível, certo? Por incrível que pareça, não! Se formos fazer as contas, com 500 pessoas a bordo isso resulta em 0,01 litros por pessoa por 1.600 quilômetros.

15. A cauda é o lugar mais seguro para se estar durante um acidente

Calma, vale lembrar que as quedas de avião são muito raras! Porém, um estudo de 2007 da Popular Mechanics analisou 36 anos de dados de acidentes aéreos e descobriu que a parte de trás do avião deu aos passageiros maior chance de sobrevivência. Além de ser estrategicamente mais vantajoso para fazer amizade com o comissário de bordo e conseguir alguma guloseima grátis! O último no avião vence primeiro no jogo da vida!

16. Aviões conseguem voar com um só motor e aterrissar sem nenhum

Você não vai ouvir isso do piloto, mas os jatos comerciais são projetados pra conseguir voar com apenas um motor operável, e podem deslizar até o chão sem nenhuma potência. Então se o seu avião quebrar no meio do voo, você provavelmente ainda pousará inteiro!

17. É impossível morrer tecnicamente em um avião...

Embora seja raro, às vezes acontece de alguém morrer em pleno voo, porém, por motivos legais, a tripulação não pode declarar a morte dessa pessoa. Assim, a coisa mais comum feita com os cadáveres é movê-los para uma fileira vazia, e possivelmente essa fileira será na primeira classe, onde há mais assentos vazios.

avião

18. Em qualquer momento, existem 9.700 aviões e 1.2 milhões de pessoas no céu

De acordo com o serviço de rastreamento de voo do FlightAware, os números exatos são em média 9.782 aviões com um total de 1.270.406 pessoas. Isso faria com que o céu se tornasse o 156país mais populoso do mundo!

avião

19. Há uma luz vermelha na asa esquerda e uma verde na direita

Durante a noite é difícil que os pilotos consigam ver outros aviões, por isso todo avião tem esse sistema de luzes nas asas. Dessas forma outros pilotos podem identificar facilmente de que lado o avião está e para onde ele está indo.

20. Muitos aviões comerciais ainda tem cinzeiros

Fumar é proibido em aviões há mais de 25 anos, mas a maioria das aeronaves ainda tem cinzeiros. Sim, é confuso, mas é uma exigência para o caso de alguém ignorar a proibição e acender o cigarro mesmo assim. Dessa forma pelo menos não vai haver nenhum cigarro rolando pelo avião com o potencial de causar um incêndio.

21. Na decolagem e no pouso, os aviões viajam entre 240 e 320 quilômetros por hora!

Rápido, né?

avião

22. Se você achar que está emocional demais dentro de aviões, não se preocupe, você não está sozinho

Há alguns anos a Virgin America realizou um estudo em sua página do Facebook, e descobriu que 41% dos homens admitiram chorar em filmes em voos, e 55% das pessoas afirmaram que se sentiam mais emotivas enquanto voavam. O estresse da viagem, mais a diminuição do oxigênio e a leve hipóxia que se experimenta em altitude, tem um efeito forte nos ânimos das pessoas.

23. Um Boeing 767 contém o equivalente a 1.200 minivans em combustível

Isso dá 23.980 galões, e pode ser preenchido em apenas 28 minutos. Ele também consegue passar ar suficiente através de seus motores para encher um dirigível Goodyear em sete segundos!

24. Um Boeing 787 consegue voar 16.000 quilômetros com um tanque de combustível

Isso significa que ele poderia voar a circunferência da Terra e só parar para abastecer duas vezes durante o percurso.

25. Se você vê o mundo como um globo, os aviões estariam voando a 1/10 de polegada da superfície

Isso assumindo uma altitude de cruzeiro de 10668 metros. É um baita céu, hein?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.