Saiba como lembrar melhor de assuntos importantes

Saiba como lembrar melhor de assuntos importantes

Último Vídeo

Passamos a vida tentando controlar nossa memória, e por mais que na maior parte do tempo isso funcione, às vezes tudo sai do controle. Você passa dias estudando para uma prova importante, mas na hora surge o temido “branco”, e parece que você nunca viu aquele assunto na vida. Mas aí você ouve uma música antiga e, quando se dá conta, está cantando junto, sem errar nenhuma parte da letra.

1

Mesmo com inúmeras pesquisas, a memória humana ainda é um assunto complexo, não totalmente compreendido. Formas de aprimorar nossa capacidade de absorção de conhecimento são sempre bem-vindas, e essa nova pesquisa parece ter descoberto um pequeno detalhe que pode fazer toda a diferença entre uma vaga lembrança e um conhecimento adquirido de forma sólida.

O estudo

Os cientistas da Universidade Herriot-Watt analisaram a influência dos momentos seguintes a um evento na formação da memória dele. Para isso, eles desenvolveram um teste específico para a pesquisa, de modo que fosse possível analisar não somente o quão bem a memória era armazenada, mas também o nível de detalhes envolvidos nessa lembrança. A conclusão foi de que, ao se manter em silêncio e sem interações após o teste, os participantes conseguiram descrever as lembranças com mais detalhes, em comparação aos que não tiveram esse período de descanso.

2

Segundo o Dr. Michael Craig, responsável pela pesquisa, “estudos recentes sugerem que nosso cérebro fortalece a lembrança de novas memórias reativando-as, fazendo com que reapareçam automaticamente minutos depois, nos locais onde o cérebro foi estimulado pela primeira vez. Isso é mais evidente durante o sono ou um repouso tranquilo, quando não estamos ocupados com nenhum outro estímulo sensorial”.

Apesar da constatação do estudo, os pesquisadores ainda não sabem se o tempo em silêncio nos permite somente reter mais informações, ou se auxilia também a aumentar o número de detalhes incluídos na lembrança. O próximo passo na pesquisa será a utilização de um eletroencefalograma (EEG), para identificar exatamente a razão de o descanso conseguir aprimorar as lembranças. Com esse equipamento, será possível determinar quais áreas do cérebro são ativadas em todas as etapas do processo, confirmando também se o cérebro automaticamente reativa a memória recém-adquirida, fazendo com que ela se fortaleça.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.