China decide deixar de ser o 'lixão' do plástico descartado do mundo
342
Compartilhamentos

China decide deixar de ser o 'lixão' do plástico descartado do mundo

Último Vídeo

Você sabia que, durante anos, a China recebeu toda classe de lixo plástico — como embalagens, garrafas, potes etc. — de vários países do mundo? Pois é, era para lá que a maioria dos países desenvolvidos despachava suas porcarias, para plantas de reciclagem instaladas em solo chinês.

Plástico descartado(Mashable/Getty Images/Eyeem)

No entanto, de acordo com Brian Khan, do site Earther, em 2017, o Governo Chinês aprovou uma lei que proíbe a importação de lixo não industrial para o país e, com isso, todo o plástico que antes era direcionado para reciclagem está sendo enviado a aterros até que seu destino seja decidido. E você tem noção do tamanho do problema que isso representa?

Montanha de plástico

Segundo Brian, um time de cientistas fez um levantamento para descobrir quanto plástico foi enviado para as plantas de reciclagem da China nos últimos 28 anos — pois, os chineses passaram quase três décadas lidando com o lixo dos outros — e o que vai acontecer se a proibição não for suspensa.

Muito plástico(Nanalyze)

Para você ter uma ideia, só em 2016, 14,1 milhões de toneladas de plástico foram exportadas para reciclagem em todo o mundo, e praticamente três quartos do total foram parar na China. Essa montanha imensa de lixo, aliás, representa um aumento de mais de 800% com relação à quantidade exportada em 1988, que foi o primeiro ano em que os registros foram devidamente documentados.

O problema é que, com a China parando de reciclar esse plástico todo que os países desenvolvidos produzem — cada ano mais, por sinal —, a estimativa é que, até o ano de 2030, existam mais de 110 milhões de toneladas de plástico empilhadas em algum do lugar do mundo. Segundo Brian, isso equivale ao peso de mais de 24 milhões de elefantes africanos.

Homem em um mar de plástico(Money Control)

Há outros países do leste asiático que lidam com o restante do plástico descartado pelo mundo, mas nenhum deles — e nem todos eles juntos — têm capacidade para lidar com o lixo que antes era reciclado na China. E agora? Como você deve saber, várias nações começaram a banir itens como sacolas plásticas e canudinhos, mas, infelizmente, embora essas ações sejam positivas, esses dois elementos representam muito pouco dentro de tudo o que é descartado.

Como bem observou Brian, isso é o que dá depender — praticamente — de um único carinha para reciclar a maior parte do plástico descartado. E, agora pense com a gente: se mesmo com China lidando com o lixo dos outros vemos uma imensa quantidade de porcaria indo parar em rios, oceanos, cidades e por todas as partes, na verdade, imagine como vai ser se ninguém tomar providências e não mudarmos os nossos hábitos de consumo?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.