O lixão que virou o maior projeto de recuperação de uma praia da História
236
Compartilhamentos

O lixão que virou o maior projeto de recuperação de uma praia da História

Último Vídeo

Pouco popular entre os turistas e com uma favela à beira-mar, a praia de Versova, em Mumbai, na Índia, nunca atraiu muito a atenção das autoridades locais. Conforme foi perdendo os raros frequentadores que tinha, a sua faixa de areia foi sendo preenchida por pilhas e pilhas de lixo. Essa triste realidade, porém, começou a ganhar um desfecho diferente a partir de 2015, e nada disso teria acontecido se não fosse um cara chamado Afroz Shah. 

Ele havia se mudado recentemente para um dos inúmeros conjuntos habitacionais que ficam ao redor de Versova e, da janela do seu apartamento, o mar que mais chamava a sua atenção não era o Arábico, mas o de resíduos sólidos amontoados na beira da praia. "Qualquer um podia se afogar em plástico", lembrou Shah à CNN.

Com a ajuda de um vizinho, o advogado vestiu luvas e começou a retirar o lixo acumulado que forrava a preterida praia. Aos poucos, essa iniciativa particular foi ganhando a adesão de cada vez mais voluntários, a ponto de ser reconhecida internacionalmente pela dimensão que veio a adquirir. Em questão de semanas, se uniram a eles mais de mil pessoas — incluindo moradores da região, ativistas ambientais, políticos, celebridades de Bollywood e anônimos.

Durante 21 meses, o grupo retirou 5,3 milhões de quilos de dejetos em aproximadamente 2,5 quilômetros de faixa de areia. Além de mudar radicalmente a paisagem do balneário, a mobilização foi classificada, pela Organização das Nações Unidas (ONU), como o maior projeto de recuperação litorânea já levado a cabo no mundo. O mais incrível, no entanto, ainda estava por acontecer.

Em março deste ano, Shah soube, através de um voluntário que participou da operação de limpeza, que tartarugas-olivas estavam deixando seus ninhos e indo em direção ao mar. Na hora, ele reuniu mais 25 pessoas para proteger o mais novo berçário do litoral indiano e assegurar que os cerca de 80 filhotes dessa espécie, típica dos mares tropicais, não tomassem outro rumo ou fossem atacados por animais à espreita.

Enquanto a natureza retoma seu curso habitual no litoral de Mumbai, Shah confessa ter ainda um desejo: plantar coqueiros na orla da praia, como antigamente. 

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.