5 incríveis construções norte-americanas que não resistiram ao tempo
07
Compartilhamentos

5 incríveis construções norte-americanas que não resistiram ao tempo

Último Vídeo

Se você se mudou de sua cidade natal e a frequenta regularmente, deve notar que vez ou outra alguma construção some para dar lugar a algo mais moderno. Isso é normal de toda civilização, mas acaba apagando parte de uma memória arquitetônica que poderia ter sido preservada.

Nos EUA, algumas imponentes construções vieram abaixo por diferentes motivos – crises, incêndios etc. Confira alguns desses locais que hoje só permanecem nos registros históricos e que renderam GIFs que imaginaram como seria a paisagem se eles ainda estivessem em pé:

1. Pennsylvania Station

Inaugurada em Nova York no ano de 1910, a Penn Station tinha a inspiração arquitetônica da Beaux-Arts. Porém, tamanha imponência, que lembrava até obras clássicas romanas, deixavam a manutenção do local extremamente cara, fazendo com que um novo projeto fosse aprovado em 1963 para dar mais modernidade à que é hoje a maior estação de trens e ônibus da América do Norte, atendendo cerca de 600 mil passageiros por dia!

Pennsylvania Station

2. Singer Building

Construído em 1908, o imenso arranha-céu – para a época – continha 47 andares de escritórios, totalizando 187 metros de altura. Por um tempo, chegou a ser o prédio mais alto do mundo, mas foi ao chão em 1968 para dar espaço ao moderno One Liberty Plaza, com espaços internos muito melhor aproveitados. Ainda assim, o Singer continua detendo um recorde: o do prédio mais alto já construído e posteriormente demolido propositalmente.

Singer Building

3. Midways Gardens

Inaugurado em 1914 em Chicago, este foi um centro de entretenimento com espaços internos e externos, projetado pelo importante arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright. Infelizmente, a crise financeira que assolou os EUA no final dos anos 1920 fizeram com que o empreendimento viesse ao chão em 1929. Agora, apenas um grande parque permanece no local.

Midways Gardens

4. Mansão Mark Hopkins

O magnata das ferrovias norte-americanas Mark Hopkins mandou construir uma grande mansão no clássico bairro de Nob Hill, em São Francisco. A construção ficou pronta apenas em 1878, poucos meses após Hopkins falecer. Em 1906, o intenso terremoto danificou as estruturas da casa, que acabou sendo consumida pelo incêndio que se seguiu ao tremor. Hoje, no local, encontra-se um luxuoso hotel que ganhou o nome de Mark Hopkins.

Mansão Mark Hopkins

5. Beach Hotel

Outra belíssima construção de época consumida por um incêndio foi o Beach Hotel, em Galveston, no Texas. Sua inauguração aconteceu em 1882, trazendo uma construção toda em madeira – algo que facilitou a propagação do fogo, em 1898. Hoje em dia, a parte litorânea na qual ficava o hotel agora é só mais um pedaço da faixa de areia da cidade.

Beach Hotel

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.