Melhor amigo do homem até sob pressão: os benefícios de afagar seu cão
19
Compartilhamentos

Melhor amigo do homem até sob pressão: os benefícios de afagar seu cão

Último Vídeo

O advento da internet nos trouxe uma série de possibilidades para acabar com o estresse e gastar um bom tempo das nossas vidas. Entre eles, vídeos, fotos e GIFs de animais fofinhos tomam conta de boa parte da rede mundial de computadores. Não à toa, a ciência vem provando que os pets podem mesmo influenciar no que se refere a saúde e bem-estar.

Chegar em casa depois de um dia longo e ser recebido por um bichinho amoroso é, sem dúvidas, uma boa pedida. Melhor ainda se os benefícios para a saúde forem comprovados, não?

Uma pesquisa realizada pelo Centro Nacional de Informações sobre Biotecnologia descobriu que acariciar cães realmente pode ajudar a reduzir a pressão arterial. O resultado foi chamado pelos pesquisadores de “efeito pet”. O estudo monitorou a pressão arterial e a frequência cardíaca de 60 universitários, enquanto eles passeavam com seus cachorros.

Carinhos liberados!

A conclusão foi de que, em todas as interações que envolviam o toque no animal, a pressão registrada era menor. O ato de acariciar um cão aumenta os níveis de serotonina e dopamina do corpo – transmissores nervosos com propriedades ‘calmantes’.  Ou seja, mais do que apenas falar ou interagir verbalmente com o pet, o toque é o fator-chave para a redução do estresse e da pressão arterial.

Não é a primeira vez que a ciência comprova esse tipo de benefício promovido pelos animais de estimação. Em 1995, um experimento conduzido no Hospital da Universidade de Maryland mostrou que pacientes que haviam sofrido ataques cardíacos e possuíam cães tinham oito vezes mais chances de estarem vivos no ano seguinte, após saírem do hospital, do que aqueles sem companheiros caninos.

Em outra universidade, de Missouri-Columbia, ao colocarem pessoas em uma sala com cães, os estudiosos concluíram que a pressão dos animais diminuía imediatamente, enquanto a dos humanos caía cerca de 10% após 15 ou 30 minutos na presença do bichinhos. Em 1999, uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Nova York descobriu que corretores da Bolsa de Valores com problemas de pressão conseguiam reduzir seus níveis de estresse quando passavam a ter animais de estimação.

E não são só os problemas com pressão alta, em si, que podem ser melhorados com a presença do melhor amigo do homem. Depressão, solidão e distúrbios relacionados ao estresse em geral podem ter sintomas amenizados com o relaxamento produzido pelo ato de afagar cães. Sem dúvida, uma companhia e tanto! E aí, já deu uma relaxada com o seu pet hoje? 

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.