Tufão Hagibis derrama resíduos nucleares em rio do Japão

Tufão Hagibis derrama resíduos nucleares em rio do Japão

Último Vídeo

As fortes tempestades causadas pelo tufão Hagibis, que provocaram inundações devastadoras no último final de semana no Japão, fizeram com que algumas sacolas contendo resíduos da descontaminação do desastre nuclear de Fukushima fossem lançadas em um rio, conforme autoridades locais.

O Hagibis atingiu o Japão no último sábado com tempestades torrenciais que causaram transbordamento de diversos rios, deixando milhares de lares invadidos pelas águas, avariados e sem energia elétrica. Mais de 200 rios transbordaram e mais de 50 deles estão com assoreamentos.

O fator nuclear 

Autoridades da cidade de Tamura revelaram ao periódico Asahi Shimbun que sacolas cheias de grama, folhas, e resíduos de madeira, coletadas durante a descontaminação de Fukushima, estavam sendo temporariamente armazenados naquele local. 

Trabalhadores descobriram por volta das 9h20 da noite de sábado que algumas sacolas haviam sido arrastadas para o rio Furumichi depois que o depósito foi inundado pelas fortes chuvas. Mais tarde, autoridades afirmaram que trabalhadores haviam recuperado seis sacolas com seu conteúdo intacto.

Um total de 2.667 sacolas, com capacidade de um metro cúbico cada, estavam armazenadas no local de contenção, que não possuía qualquer tipo de proteção contra chuva ou vento, de acordo com o jornal.

O rastro do furacão

Uma autoridade municipal de Tamura afirmou que estão sendo feitas avaliações para verificar possíveis impactos ambientais. O Ministro do Meio Ambiente disse à Agência Kyodo News que não ocorreram mudanças nas medições dos níveis de radiação no local de armazenamento temporário ou na jusante do rio, concluindo que "as concentrações de materiais radioativos é relativamente baixa e tem pouco impacto no meio ambiente".

O governo do Japão declarou na quarta-feira que o total de mortos pelo tufão havia subido para 63 e 11 presumidos. O Secretário-Chefe do Gabinete Yoshihide Suga disse à imprensa que pelo menos oito pessoas estavam desaparecidas na área de ação do tufão, nas regiões central e norte do Japão. 

Ainda de acordo com Suga, o governo japonês irá gastar mais de US$ 6,5 milhões das reservas especiais do orçamento para comida e primeiras necessidades dos desabrigados. A extensão total dos danos ainda é desconhecida, mas o governo se mantém aberto para outros gastos se necessário, disse ele.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.