Osso de mais de um mamute é encontrado em armadilha no México

Osso de mais de um mamute é encontrado em armadilha no México

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Ossos de mamute foram encontrados por trabalhadores que construíam um aterro sanitário em Tulpetec, no México, em fevereiro. Tal descoberta surpreendeu arqueólogos, que dataram os restos de um mamute como sendo de aproximadamente 15 mil anos atrás. Além disso, eles demonstram um comportamento diferente dos povos que ali habitavam na época.

O fato, no entanto, só foi divulgado agora em novembro pelo Instituto Nacional de Antropologia e História do México (INAH) depois de 10 meses de trabalho. Segundo os pesquisadores, a descoberta indica uma mudança na relação entre o homem e o animal.

Isso porque diferentemente do que os arqueólogos imaginavam, os caçadores de milhares de anos atrás não esperavam o animal estar ferido ou fraco para caçá-lo. Na verdade, segundo o que os estudos indicam, acontecia justamente o contrário, ou seja, eles montavam armadilhas para capturar os animais.

Além disso, a pesquisa indica que foram encontrados ossos de 14 mamutes, assim como restos de um camelo e um cavalo nas armadilhas.

Mamute e mudanças do clima

Fora a descoberta do resto dos animais, os arqueólogos ainda apontaram que os indícios analisados da pesquisa datam da Era Glacial. De acordo com os pesquisadores, os sinais de que os animais viviam em uma Era Glacial podem ser justificados porque naquele período os lagos congelaram e formaram planícies.

Estas planícies, posteriormente, foram utilizadas pelos povos antigos, conhecidos como caçadores-coletores, para montar armadilhas para caçar mamute.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.