Molde à prova d’água pode substituir gesso em quem quebrou o braço

Molde à prova d’água pode substituir gesso em quem quebrou o braço

Último Vídeo

Um grupo de engenheiros norte-americanos desenvolveu um molde de plástico à prova d’água para imobilizar braços e pernas quebrados. Além de facilitar a vida durante o banho, o novo molde é mais higiênico, leve, não abafa a pele e promete acabar de vez com a coceira e o desconforto que só quem já precisou usar gesso conhece.

O produto leva apenas 10 minutos para ser devidamente colocado no membro quebrado. É aplicada uma resina líquida colorida na malha de plástico, que, ao endurecer, em poucos minutos, se torna capaz de manter o osso no lugar.

Aplicação de resina líquida que endurece em poucos minutos e proporciona a imobilização (Imagem: Cast21/Divulgação)

Esse projeto foi encabeçado pela Cast21, startup com base em Chicago. Os responsáveis pela invenção são Ashley Moy, engenheira de designs biomédicos, Justin Brooks, engenheiro elétrico, e Jason Troutner. Os três estudantes da Universidade de Illinois.

O novo design é também muito mais fácil de ser retirado do que o gesso tradicional, que requer uma serra. “Nós temos essa noção radical de que você pode curtir a vida enquanto se cura. Você não precisa ser impedido de realizar atividades cotidianas”, explica Veronica Hogg, vice-presidente de engenharia da Cast21.

O molde criado pela Cast21 é à prova d'àgua e permite que a pele respire (Imagem: Cast21/Divulgação)

Outro ponto positivo é que não requer energia elétrica ou água para a sua aplicação, o que o torna muito prático. “Esse produto tem potencial para uso militar e para facilitar os primeiros socorros em casa”, acrescenta Hogg.

Por enquanto a empresa desenvolveu apenas um modelo projetado em tamanho médio para antebraço. Porém a expectativa é de expandir a variedade de tamanhos e criar moldes para pernas. Também não foi definido ainda o preço do produto, mas de acordo com Hogg, a intenção é que seja acessível a uma larga escala da população.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.