Novos templos perto de Jerusalém podem mudar a história da Bíblia

Novos templos perto de Jerusalém podem mudar a história da Bíblia

Último Vídeo

Em 2012, foi descoberto um complexo de templos monumentais datados da Idade de Ferro, entre o final do século X a.C. e o começo do IX a.C.. O conjunto foi encontrado por arqueólogos da IAA (Autoridades de Antiguidades de Israel), em Moza, próximo a Jerusalém.

Essa revelação seria a prova de que existiam outros templos sancionados além do oficial, localizado em Jerusalém.

O local foi identificado como a cidade bíblica de Moza e está dentro dos limites da tribo de Benjamim, que serviu como uma espécie de centro administrativo para guardar e distribuir grãos. Esse achado questionaria as representações bíblicas até então conhecidas. 

(Fonte: TAU/Reprodução)
(Fonte: TAU/Reprodução)

Início da escavação

A primeira escavação acadêmica do local só aconteceu em 2019 e o intuito era desenterrar por completo os edifícios e estudá-los. Este seria o único templo monumental da Idade de Ferro escavado na região central de Judá.

Foram descobertas instalações e artefatos de culto, como figuras antropomórficas e um grande estande decorado. O que quer dizer que apesar das narrativas da Bíblia que descrevem as reformas realizadas por Ezequias e Josias, existia, sim, templos sancionados em Judá além do oficial em Jerusalém. Isso muda a maneira como se entende as práticas religiosas dos judaítas, segundo os arqueólogos.

A expedição deve recomeçar na primavera deste ano e será composta de 50 participantes, entre funcionários e estudantes das Universidades de Tel Aviv, Charles na República Tcheca, Osnabrück na Alemanha e a UCLA dos Estados Unidos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.