Criossismo: o que é um terremoto no gelo e como isso acontece?

Criossismo: o que é um terremoto no gelo e como isso acontece?

Último Vídeo

O terremoto no gelo acontece quando o chão congelado começa a estalar e a se quebrar, formando-se rachaduras e crateras no solo. Nos último meses, a cidade de Chicago passou por um inverno rigoroso, no qual pôde-se observar esse fenômeno com certa frequência pela cidade.

Nesse período, os jornais faziam uma pergunta curiosa aos telespectadores: eles queriam saber se os moradores estavam ouvindo barulhos de explosões durante à noite ou dia. Muitas pessoas achavam que se tratava de algum assaltante ou até mesmo canos quebrando, mas, na verdade, o que estava acontecendo era o efeito chamado de "criossismo", como afirmado pelos meteorologistas da região.

Bryan Jackson, meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos, conta que esse fenômeno é bem estranho: "Se você nunca ouviu um e então o escuta, acaba gerando uma situação sinistra", conta Bryan.

O criossismo acontece no solo ou água congelada em temperaturas muito frias (Fonte: Popular Science / Divulgação)

O que é esse terremoto no gelo?

Esse fenômeno causa tremores e ruídos que se assemelham a explosões. Eles são causados por brechas repentinas no solo ou água congelados por conta do clima muito frio, não tendo assim nenhuma relação com movimentos tectônicos, que são os causadores de um terremoto comum.

A explicação científica para esse fenômeno é que, quando a água é congelada, ela tende a se expandir. Entretanto, em temperaturas muito amenas e repentinas, esse resfriamento acontece rápido demais, não tendo para onde a água aumentar seu tamanho, ocorrendo assim as rachaduras.

Apesar do criossismo ser bastante assustador, ele não causa grandes danos: "você pode esperar que eles possam quebrar uma calçada ou algo do tipo, mas eles não vibram o suficiente para derrubar uma grande estrutura", afirma Lucas Zoet, glaciologista da universidade de Wisconsin-Madison.

thin ice on water
Apesar de assustadores, os terremotos no gelo não causam grandes danos (Popular Sciente/Divulgação)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.