Wonderchicken: o mais antigo fóssil de pássaro moderno

Wonderchicken: o mais antigo fóssil de pássaro moderno

Último Vídeo

Um estudo publicado na última quarta-feira (18), na revista Nature, descreveu a descoberta de uma coleção de ossos incrustados em uma pedreira na Bélgica. O fóssil, batizado de "Wonderchicken", estava escondido em um pedaço de rocha de uma pedreira de calcário, na qual brotavam fragmentos de ossos de uma pata do animal. Isso já foi mais do que suficiente para atrair a atenção dos paleontologistas, dado que os fósseis de aves daquele período são muito raros, mas nada poderia prepará-los para o que encontrariam dentro da pedra. Analisando-a por meio de tomografia computadorizada, descobriram um crânio intacto e completo.

Fonte: University of Cambridge/Reprodução(Fonte: University of Cambridge/Reprodução)

Seus "pais" paleontologistas chamaram-no carinhosamente de "Wonderchicken, o frango maravilhoso"  o fóssil mais antigo já encontrado até agora de um pássaro moderno, datado de 66,7 milhões de anos atrás. A ave teria vivido na era dos dinossauros, apenas alguns milhares de anos antes de um asteroide atingir a Terra e causar a extinção dos gigantescos animais. A descoberta do fóssil ajudará os cientistas a entender como os pássaros evoluíram até se tornarem o que são hoje e conseguiram sobreviver ao evento catastrófico que destruiu os dinossauros.

Daniel Field, da Universidade de Cambridge, principal autor do estudo publicado na revista Nature, chamou o achado de "um dos crânios de pássaros fósseis mais bem-preservados de qualquer época e em qualquer lugar do mundo".

Wonderchicken: o antepassado da galinha

Além da denominação "Wonderchicken", o nome científico atribuído ao espécime é Asteriornis maastrichtensis, em referência à Astéria (deusa das estrelas cadentes que se transformou em codorna para escapar de Zeus).

Fonte: University of Cambridge/Reprodução(Fonte: University of Cambridge/Reprodução)

O crânio tem características que o identificam claramente como um pássaro moderno. Apresenta inúmeras características associadas aos galiformes atuais como a galinha, o peru, as aves de caça e afins  e outras que o distingue dos patos. Em suma, era uma espécie de mistura curiosa.

De acordo com a reconstrução dos pesquisadores, o Asteriornis pesava cerca de 400 gramas, tinha pernas longas, dimensões comparáveis às de uma gaivota pequena e vivia no solo, perto da região costeira.

A importância do Wonderchicken

"A origem da diversidade de aves vivas está envolta em mistério. Sabemos apenas que as aves modernas se desenvolveram em algum momento no fim da era dos dinossauros, mas temos pouquíssimos fósseis que datam de antes do asteroide", explica um dos cientistas autores da pesquisa, Albert Chen, que também afirmou: "esse fóssil nos fornece uma visão direta de como eram os pássaros modernos nos estágios iniciais de sua história evolutiva".

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.