Startup americana quer mapear coronavírus através de fezes

Startup americana quer mapear coronavírus através de fezes

Último Vídeo

A Biobot Labs, startup do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Universidade de Harvard e Brigham and Women's Hospital, pretende mapear a pandemia do novo coronavírus analisando amostras coletadas em esgotos das cidades dos Estados Unidos. O projeto surgiu após uma nova pesquisa chinesa ser publicada no Journal of the American Medical Association, demostrando que o SARS-CoV-2, o vírus causador de Covid-19, pode ser encontrado vivo nas fezes dos infectados.

Fonte: Biobot Labs/Reprodução(Fonte: Biobot Labs/Reprodução)

A empresa deseja testar a presença do SARS-CoV-2 em esgotos e, em seguida, usar os dados para criar um mapa do vírus. Em seu site, o laboratório afirma: "Estamos estabelecendo protocolos para testar o SARS-CoV-2. Se forem bem-sucedidos, esses dados fornecerão às comunidades um mapa dinâmico do vírus à medida que ele se espalha para novos locais".

Esse mapa permitirá que as comunidades possam auferir o escopo do surto de Covid-19 sem ter que confiar apenas em testes realizados em pacientes e em relatórios de hospitais, pois esse registro incluirá dados de pessoas que ainda não apresentaram sintomas da doença. No site também foi informado que os dados dos esgotos permitirão prever o impacto do novo coronavírus na capacidade hospitalar, acompanhar a eficácia das intervenções, medir o período de encerramento do surto e fornecer um aviso do reaparecimento da Covid-19, caso ela tenha um ciclo sazonal.

Como o Biobot Labs vai detectar o coronavírus?

A equipe de biólogos, epidemiologistas, cientistas de dados, planejadores urbanos e engenheiros do Biobot Labs já havia utilizado a tecnologia para gerenciar a crise de opioides nos EUA, medindo moléculas encontradas no esgoto. Como surgiram evidências de que o coronavírus pode ser detectado em amostras fecais, a empresa rapidamente voltou seu foco para a análise do surto.

Fonte: GettyImages(Fonte: Getty Images)

Para obter os dados, a Biobot Labs enviará kits de amostragem para estações de tratamento de esgoto, que, após a coleta, retornarão os materiais para o laboratório, onde os pesquisadores farão testes para detectar o vírus. Os resultados serão divididos com as comunidades participantes, para que possam utilizar os dados em suas estratégias para combater a pandemia de Covid-19.

O Biobot Labs pediu que entidades governamentais, estações de tratamento de esgoto e membros que desejam que sua cidade se envolva entrem em contato com a empresa preenchendo o formulário em seu site.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.