Seja o primeiro a compartilhar

Teste brasileiro para covid-19 leva 10 min e custará R$ 130

A empresa Hi Technologies vai lançar, no início de abril, um novo teste rápido para o coronavírus no Brasil, com capacidade para dar o resultado em cerca de 10 minutos. A novidade será comercializada em grandes redes de farmácias com presença em vários estados.

O teste, aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), será oferecido no dispositivo Hilab, um minilaboratório de 12 cm³ desenvolvido pela startup, que pode realizar diversos tipos de teste simultaneamente. Entre eles estão os de gravidez, zika, sífilis, glicemia, dengue, hepatite C, Influenza A e B, PSA e HIV.

Para dar o diagnóstico da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o exame utiliza a técnica da imunocromatografia, conhecida por detectar anticorpos produzidos pelo organismo em reação à presença do vírus. Segundo a empresa, a precisão dos resultados é de 99% no teste do anticorpo IgG e de 93% no de IgM, tendo a possibilidade de aumentar conforme o tempo em que o paciente está apresentando os sintomas.

O teste rápido é fundamental para conter o avanço da doença no país.O teste rápido é fundamental para conter o avanço da doença no país.

Os testes rápidos para o coronavírus são essenciais no diagnóstico da doença, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Diante da falta de opções no Brasil, a Anvisa deu aval para a produção de vários deles no país. A expectativa é de que o número de testes adquiridos pelo Ministério da Saúde seja ampliado para 22,9 milhões.

Preço e disponibilidade

O teste Hilab para coronavírus está em fase de produção em escala, com as primeiras unidades devendo chegar aos locais mais críticos já a partir da próxima sexta-feira (27). Desta forma, a comercialização começará por São Paulo, principal foco da doença no Brasil, e também em Curitiba.

Em nota divulgada no seu perfil oficial no Facebook, a empresa afirma que o teste para covid-19 será disponibilizado no restante do país a partir da segunda semana de abril, nas farmácias onde o Hilab já é comercializado. Além do público em geral, o produto também deverá estar disponível para empresas que quiserem oferecer o teste aos seus funcionários.

Com relação ao preço do teste rápido, a estimativa é de que o valor cobrado pela startup seja em torno de R$ 130.

Teste brasileiro para Covid-19 leva 10 min e custará R$ 130 via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER