Pesquisadores criam LEDs UV capazes de eliminar o coronavírus

Pesquisadores criam LEDs UV capazes de eliminar o coronavírus

Último Vídeo

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Santa Barbara (Estados Unidos) estão desenvolvendo uma nova arma para tentar conter a disseminação do novo coronavírus. Trata-se de LEDs ultravioleta com capacidade para descontaminar superfícies e potencialmente o ar e a água que entraram em contato com o SARS-CoV-2.

O projeto, que começou antes mesmo da pandemia da covid-19, já previa a utilização da luz UV em situações médicas, na desinfecção de equipamentos de proteção individual, sistemas de climatização e superfícies, entre outras áreas, segundo o pesquisador Christian Zollner, um dos autores do estudo.

Diferentemente dos comprimentos de onda UV-A e UV-B, provenientes dos raios do Sol, a luz ultravioleta utilizada no estudo para inativar o vírus e outros micróbios, purificando a água, o ar e as superfícies, é do tipo UV-C, mais raro. Este comprimento de onda só pode ser produzido em processos conduzidos pelo homem.

A desinfecção é um dos métodos usados atualmente para combater o coronavírus.A desinfecção é um dos métodos usados atualmente para combater o coronavírus.

Prejudicial à pele, a luz UV-C deve ser usada sem a presença de pessoas durante a desinfecção. Há, inclusive, uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) contra o uso destas lâmpadas de desinfecção ultravioleta na higienização do corpo — uma breve exposição a elas pode causar queimaduras e danos aos olhos.

Uso da tecnologia ainda depende de testes

A eficácia dos LEDs ultravioleta contra a disseminação do novo coronavírus ainda precisa ser testada em larga escala para que a tecnologia seja utilizada para desinfectar hospitais e grandes espaços públicos, por exemplo.

Depois dos testes, os pesquisadores pretendem usar a tecnologia, que é de baixo custo e sem a presença de produtos químicos, para higienizar os mais variados tipos de espaços, integrando os LEDS a sistemas ativados quando os locais estiverem totalmente vazios.

Segundo Zollner, a desinfecção e a descontaminação de áreas de circulação, aliadas ao isolamento social, são as melhores armas para combater a covid-19, enquanto os cientistas estão em busca de vacinas, terapias e cura para a doença.

Leia também:

Pesquisadores criam LEDs UV capazes de eliminar o coronavírus via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.