Alemanha aprova testes para possível vacina da covid-19

Alemanha aprova testes para possível vacina da covid-19

Último Vídeo

O governo alemão autorizou, por meio do órgão regulador de vacinas Paul Ehrlich Institut, o teste em humanos de possíveis vacinas contra a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, que são desenvolvidas pela companhia BioNTech.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem 70 possíveis vacinas sendo desenvolvidas pelo mundo todo para combater o novo vírus. As mais avançadas estão na China, Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido.

O teste que foi aprovado

A prova será apenas a quarta em todo o mundo na tentativa de combater o vírus e será realizada, de forma inicial, em 200 pessoas saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos. Se tudo ocorrer como o esperado, o segundo estágio dos testes contará com testes em pessoas que fazem parte dos grupos de risco da covid-19.

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

A vacina é um produto do programa BNT162, que é feito pela BioNTech e em parceria com a empresa farmacêutica Pfizer. Segundo informações, os trabalhos estão rendendo quatro possíveis candidatos para uma vacina contra a doença causada pela Sars-Cov-2.

Além da aprovação do país europeu, as companhias também estão buscando sinal verde para testar as possíveis vacinas nos Estados Unidos.

A corrida em busca da vacina

A luta para ser a empresa que irá descobrir a solução para a pandemia mundial tem inúmeros participantes. A própria BioNTech cedeu os seus direitos do programa BNT162, na China, para a empresa Shanghai Fosun Pharmaceutical, com o intuito de conseguir mais ajuda.

Testes devem ser feitos mundo afora, com empresas na Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido e China buscando a solução. Entre as empresas estão competindo contra a BioNTech, tem a companhia alemã CureVac e a norte americana Moderna. A americana começou a testar em humanos já em março, mas ainda não obteve os resultados perfeitos.  

A China, por outro lado, está bem adiantada em testes de possíveis vacinas. Em março, já havia autorizado a prova de uma candidata feita pela Academia de Ciências Médicas Militares e pela empresa de biotecnologia CanSino Bio. Na semana passada, o governo chinês aprovou o teste em humanos de mais duas possíveis vacinas, que estão sendo desenvolvidas pela Sinovac Biotech e pelo Instituto Wuhan de Produtos Biológicos.

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Estar buscando uma vacina para a covid-19 é extremamente interessante para o bem estar mundial e, também, para as ações das empresas envolvidas. Após a autorização dos testes, as ações da BioNTech e da Pfizer subiram, respectivamente, 60% e 3,6%.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.