Seja o primeiro a compartilhar

Vacina contra covid-19 será produzida em São Paulo

Na manhã desta quinta-feira (11), o governador João Dória anunciou que uma vacina contra a covid-19 será produzida no estado de São Paulo em uma parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech. O início da produção do chamado Coronavac dependerá da conclusão da terceira fase de testes, que ainda está em andamento, e a previsão é que a imunização esteja disponível até junho de 2021.

Nesta etapa, o estudo contará com 9 mil participantes, sendo que as aplicações estão programadas para começar em julho. As fases 1 e 2, que avaliam a segurança e a capacidade da vacina de produzir anticorpos, foram realizadas na China, com mil voluntários.

Esta é a primeira parceria de uma série de acordos entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech.Esta é a primeira parceria de uma série de acordos entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech.

Parceria e confiabilidade

Dória afirmou em redes sociais que a vacina em questão é uma das que se encontram em estágio mais avançado no mundo. Além disso, uma nota da Sinovac Biotech, divulgada também nesta quinta, ressaltou que a parceria com o Instituto Butantan é o primeiro de uma série de acordos que devem ser concluídos entre as partes para estabelecer uma ampla colaboração, incluindo licenciamento de tecnologia, autorização de mercado e comercialização.

“A epidemiologia atual no Brasil e a experiência do Butantan no desenvolvimento clínico complementarão os esforços da Sinovac, permitindo um progresso acelerado em direção ao desenvolvimento de uma imunização segura e eficaz contra a covid-19”, declarou Ricardo Palacios, diretor de pesquisa clínica médica do Butantan, que defendeu, ainda, a confiabilidade da solução.

Quanto à capacidade de produção, o CEO da companhia chinesa, Weidong Yin, esclarece: “A Sinovac poderá aumentar a velocidade sem precedentes do desenvolvimento do Coronavac sem comprometer altos padrões e procedimentos de segurança”.

Número total de casos registrados até 11/06

Um levantamento realizado com dados das secretarias estaduais de Saúde, coletados por um consórcio de veículos de imprensa, indica que o Brasil chegou à marca de 39.803 pessoas mortas em decorrência da doença. Desde o início da pandemia, foram registradas 775.581 infecções.

Vacina contra covid-19 será produzida em São Paulo via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER