Que tal comprar um joystick da Apollo 11?

Que tal comprar um joystick da Apollo 11?

Último Vídeo

Já pensou colocar as mãos em um pedaço de história e ser dono dele? A maioria dessas peças importantes estão protegidas em museus — com razão, afinal são patrimônios históricos — mas algumas delas acabam indo parar em leilões. 

Essa segunda opção foi o que aconteceu com três joysticks que faziam parte da missão Apollo 11. Os exatos joysticks que Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins usaram para fazer a primeira viagem à Lua da história humana. Importante, não?

Preços astronômicos

O controle instalado perto da mão direita de Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, foi o mais caro de todos: US$ 370 mil (quase R$ 2 milhões). Um controle similar, utilizado por Buzz Aldrin, foi arrematado por US$ 256 mil (cerca de R$ 1,3 milhão). 

Esses dois itens faziam parte do módulo lunar, usado para pousar no nosso satélite natural. Um terceiro joystick, usado dentro do módulo de comando, por Neil Armstrong e Michael Collins, foi comprado por US$ 156 mil (cerca de R$ 800 mil). Juntos, os três lotes do leilão — feito pela casa Julien's Auctions, de Beverly Hills — alcançaram US$ 780 mil (uma bagatela de aproximadamente R$ 4 milhões). 

O controle de Neil Armstrong (Fonte: Space.com/Reprodução)O controle de Neil Armstrong (Fonte: Space.com/Reprodução)

O controle de Buzz Aldrin (Fonte: Space.com/Reprodução)O controle de Buzz Aldrin (Fonte: Space.com/Reprodução)

O terceiro controle, usado por Armstrong e Collins (Fonte: Space.com/Reprodução)O terceiro controle, usado por Armstrong e Collins (Fonte: Space.com/Reprodução)

A NASA perdeu o controle!

Um ponto importante dessa notícia é que a Agência Especial Norte-Americana não gostou muito dessa situa~c"ao. Afinal, os controles são parte de uma nave espacial e patrimônio da história de toda a humanidade. O National and Air Museum (Museu Nacional do Ar e Espaço), em Washington D.C., tem uma réplica da nave usada na missão Apollo 11, inclusive, com várias peças originais.

Então, como os joysticks foram parar nesse leilão? Aí que a história fica ainda mais interessante... Assim que Armstrong, Aldrin e Collins voltaram da missão, a NASA ofereceu os controles para os astronautas — já nas plaquinhas de madeira em que foram leiloados, em 2020. Eles recusaram o presente e, com isso, os controles simplesmente acabaram jogados em um porão qualquer da agência espacial.

Em 1985, um funcionário da agência, que estava para se aposentar, encontrou os itens esquecidos. Ele perguntou a seu supervisor o que deveria fazer com eles e este, simplesmente, disse para o funcionário jogá-los fora. O homem, então, levou essas peças icônicas para casa e, alguns anos depois, os vendeu para colecionadores.

Quando a NASA percebeu o que tinha ocorrido, tentou recuperá-las. Algumas que o funcionário ainda possuía, como controles da Apollo 9, foram devolvidas por ele. 

Quanto aos joysticks leiloados agora em 2020, a NASA sugere que os compradores os devolvam voluntariamente à agência espacial ou os cedam a algum museu. Só o futuro dirá o que os novos proprietários irão fazer, mas sabe-se que o controle de Buzz Aldrin foi arrematado por uma pessoa e os outros dois controles pelo mesmo comprador, sendo que ambos não foram identificados.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.