SpaceX divulga vídeo de barco capturando pedaço de foguete

Através de suas redes sociais, Elon Musk divulgou um novo vídeo apresentando a captura de uma das carenagens do foguete Falcon 9, recém-enviado à órbita transportando um novo lote de satélites Starlink. A peça foi resgatada por um barco GO Ms. Tree equipado por uma enorme rede e registra mais uma ação bem sucedida da SpaceX em distribuir seus satélites ao redor do planeta.

As carenagens dos foguetes vêm em duas peças que, juntas, são avaliadas em US$ 6 milhões. Os dois estágios retornam para a Terra a partir do momento em que o Falcon atinge a altitude de 70 km, sendo capturados pelos barcos inteligentes GO Ms. Tree e GO Ms. Chief. Apesar das peças estarem equipadas com paraquedas para suavizar o pouso, o impacto com o oceano poderia causar a perda definitiva do material ou mais custos para resgatá-lo, então o uso das redes é imprescindível para o sucesso da missão.

Na última terça-feira, dia 18, a ação dos barcos foi parcialmente filmada por um drone estrategicamente posicionado, que conseguiu flagrar o exato momento em que o GO Ms. Tree, com sua enorme rede, suaviza a queda da carga útil do Falcon 9. Instantes antes, o GO Ms. Chief havia cumprido sua parte e resgatado a peça inicialmente desacoplada, que possui nove propulsores Merlin 1D.

"Aloha, bem-vinda de volta do espaço"

Marcas importantes do lançamento

O mais recente lançamento de satélites da SpaceX marcou um importante passo na trajetória da companhia. A distribuição de um novo lote com 58 Starlink e três unidades SkySats, da Planet Labs, para fins de observação planetária, configurou um record para o programa de reutilização de peças e equipamentos da empresa de Elon Musk. Segundo a SpaceX, o estágio capturado pelos barcos fez a sua sexta viagem a bordo do Falcon 9 e já está nos planos para novos lançamentos.

Quanto à captura da carenagem, trata-se do segundo plano bem sucedido envolvendo o resgate das cargas espaciais. No final de julho, os barcos GO Ms. Tree e GO Ms. Chief haviam recuperado, pela primeira vez, as duas peças do equipamento que protege a carga, ao salvar o material do satélite militar sul-coreano ANASIS-II.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.