Artista cria incrível mural de renda utilizando tinta spray

Artista cria incrível mural de renda utilizando tinta spray

Último Vídeo

É possível prestar uma homenagem à renda sem utilizá-la de fato? A artista NeSpoon, da Varsóvia, provou que sim ao reproduzir o design do tecido em uma das paredes do Museu de Renda e Moda, em Calais, no norte da França.

Fonte: NeSpoon (Reprodução / Behance)
(Fonte: NeSpoon/Reprodução)

O material é uma temática recorrente nas obras da varsoviana, seja feita de barro ou pintada nas paredes. “Na renda existe um código estético que está profundamente enraizado em todas as culturas. Em cada uma encontramos simetria, algum tipo de ordem e harmonia, não é isso que todos buscamos instintivamente?” declarou a mulher em seu portfólio no Behance. 

Para este trabalho em específico, ela decidiu honrar mais ainda a tradição, utilizando um padrão feito à maquina e concebido em 1894, que está disponível em um dos catálogos do museu. Confira o processo de criação com a tinta spray:

View this post on Instagram

In progress. Calais / France @cite_dentelle_mode

A post shared by NeSpoon (@nes.poon) on

Utilizando pintura, escultura e arte urbana, NeSpoon gosta de trabalhar com arte de rua pela liberdade, e tenta sempre passar um sentimento de positividade em seus projetos.

A história da renda em Calais

A cidade tem uma tradição na produção de renda que remonta ao final do século XIX. Na época, Calais foi um ponto de refúgio para vários artistas têxteis e engenheiros ingleses que passavam por dificuldades econômicas.

Fonte: NeSpoon (Reprodução / Behance)
(Fonte: NeSpoon/Reprodução)

Esses imigrantes muitas vezes desobedeciam leis de patentes para levar as máquinas e práticas especiais para a região, o que tornou algumas das operações clandestinas. Logo, a cidade se tornou um centro industrial da fabricação de rendas, com 40 mil residentes trabalhando com o material. 

Para celebrar essa história, o Museu de Renda e Moda, o Cité de la Dentelle et de la Mode, foi fundado. Inaugurado em uma fábrica restaurada do século XIX, o lugar é um ponto de referência na Rota Europeia do Patrimônio Industrial.  

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.