Fóssil raro de baleia-de-bryde é encontrado na Tailândia

Parte da história mundial é contada através da paleontologia, ciência que se dedica a estudar restos e vestígios (fósseis) de vida pré-histórica na Terra. No início de novembro, um desses resquícios foi encontrado na Tailândia: o esqueleto de uma baleia-de-bryde foi achado na província de Samut Sakhon, a 12 km da costa.

Esqueleto de baleia de Bryde encontrado na Tailândia
Esqueleto encontrado na Tailândia

Os pesquisadores que encontraram o raro esqueleto da baleia estimam que ela tenha entre 3 mil e 5 mil, mas testes ainda serão feitos para verificar a idade correta. Em um primeiro momento, a equipe de pesquisadores responsável pela escavação encontrou 19 vértebras completas, 5 costelas, uma omoplata e nadadeiras.

Segundo o Ministro do Meio Ambiente da Tailândia Varawut Silpa-archa, que disponibilizou fotografias do achado em seu Facebook, devido à fragilidade do esqueleto, a equipe teve de se apressar nas pesquisas e, no final de novembro, em mais uma parte da escavação, foram encontrados fragmentos de ossos, incluindo as vértebras cervicais, costela e crânio com mandíbulas.

Ministro do meio ambiente, Varawut Silpa-archa e alguns pesquisadores ao lado do fóssil
Ministro do meio ambiente, Varawut Silpa-archa e alguns pesquisadores ao lado do fóssil

O crânio mede cerca de 3 metros e o esqueleto completo chega a 12 metros de comprimento. Além da baleia, também foram encontrados restos de outros animais, como dentes de tubarão, arraias, conchas, caranguejos e cracas do mar.

Esqueleto irá ajudar a pesquisar o passado da espécie

Os especialistas acreditam que o esqueleto vai auxiliá-los a entender a biodiversidade do passado. De acordo com o pesquisador de mamíferos Marcus Chua, da Universidade Nacional de Singapura, eles poderão também fazer uma comparação com as baleias de hoje.

“O esqueleto fornecerá informações sobre as condições paleobiológicas e geológicas da época, incluindo estimativa do nível do mar, tipos de sedimentos e as comunidades biológicas contemporâneas. Portanto, esta descoberta fornece uma janela para o passado”, afirmou Chua em entrevista à BBC.

Para determinar a idade do esqueleto, os pesquisadores vão utilizar o carbono 14 e espera-se que os resultados saiam ainda em dezembro.

Um mamífero de 40 toneladas

As baleias-de-bryde são cinza-azuladas e têm corpos longos, uma barbatana dorsal e três cristas no topo da cabeça. Grande parte de suas vidas, as baleias desta espécie passam sozinhas ou em pares. Não são criaturas muito ágeis, sua velocidade média chega a apenas alguns poucos quilômetros por hora. Sua dieta consiste principalmente em plâncton, peixes de cardume e pequenos crustáceos, tais como caranguejos e camarões.

Enquanto o filhote possui 4 metros de comprimento, o macho mede cerca de 15 metros e a fêmea pode chegar a 16,5 metros. Uma baleia adulta tem o peso máximo de 40 mil quilos.

Elas podem ser encontradas ao redor do mundo, em oceanos ou águas mais costeiras e preferem águas de 16 °C ou mais. Vivem em áreas tropicais, subtropicais e temperadas quentes.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.