Seja o primeiro a compartilhar

Geólogo encontra pedra vulcânica parecida com o Cookie Monster

O geólogo Lucas Fassari encontrou uma pedra vulcânica muito peculiar: ela se parece com o Cookie Monster, o famoso Come-Come da Vila Sésamo! A rocha foi encontrada a 220 km de Porto Alegre, no Brasil, durante um trabalho de pesquisa em novembro de 2020. Além de Fassari, o grupo contou ainda com o pesquisador Mike Bowers. O vídeo da rocha foi compartilhado nas redes sociais e não demorou muito para viralizar por conta de seu formato inusitado.

Pedra parecida com o Cookie Monster é um quartzo azul

Segundo os especialistas, a rocha é, na verdade, um quartzo azul. Por fora, ela é oval e esbranquiçada. Porém, ao cortar a pedra no meio, o desenho do personagem é revelado. Segundo Bowers, diversos quartzos azuis se parecem com o Come-Come. Porém, este achado de 2020 é o mais similar já encontrado durante sua carreira.

Ainda segundo o grupo de pesquisa, a pedra vulcânica deve ser comercializada por valores muito altos. Até o momento, Bowers e Fassari já receberam propostas que superam os R$ 53,6 mil de, pelo menos, 5 colecionadores. Afinal, a pedra é uma raridade e pode fazer parte de muitas coleções ao redor do mundo!

(Fonte: Kennedy News & Media/Reprodução)
(Fonte: Kennedy News & Media/Reprodução)

Não é só a cor da pedra que lembra o Cookie Monster. Na verdade, suas metades revelam formatos parecidos com dois olhos e uma boca sorridente. Por isso as propostas são tão altas! Afinal, os geólogos afirmam ser possível encontrar pedras com formatos inusitados – como corujas assustadas. Porém, o novo achado é um dos idênticos a uma figura tão famosa e, mesmo assim, essas pedras com desenhos são muito raras.

No programa infantil Vila Sésamo, o Come-Come, ou Cookie Monster, é conhecido por ser comilão e apaixonado por biscoitos. Atualmente, ele é interpretado por David Ruman. O seriado já venceu mais de 200 prêmios, incluindo até mesmo seis estatuetas do Emmy Awards

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.