Mineral raro de Marte é encontrado na Antártica e explica mistério

Um mineral raro de Marte foi encontrado nas profundezas do gelo da Antártica. A substância, conhecida como jarosita, parece ter sido formada da mesma maneira na Terra e em Marte. Com isso, os pesquisadores conseguem traçar paralelos entre ambos os planetas para entender melhor como eles foram criados.

A jarosita se desenvolve por meio da poeira que fica “presa” em depósitos de gelo. Ela foi descoberta pela primeira vez em 2004 por um rover da NASA. Na época, a jarosita de Marte chamou a atenção dos cientistas porque ela precisa de água para ser formada.

Além da água, sulfato e potássio também podem compor esse mineral.

(Fonte: Universe Today/Reprodução)
(Fonte: Universe Today/Reprodução)

Descoberta de mineral raro de Marte começa a solucionar mistério

Como você provavelmente já sabe, Marte e a Terra são planetas muito diferentes. Logo, como o mesmo mineral poderia ter se formado em locais com condições tão diferentes?

A teoria principal é que a jarosita pode ter se formado por meio da evaporação de quantidades limitadas de água salgada. Com isso, rochas alcalinas de Marte teriam neutralizado a acidez dessa água para preservar o material. Pelo menos, é o que acredita o geólogo Giovanni Baccolo, da Universidade de Milano-Bicocca, na Itália.

Além disso, outra teoria possível reflete sobre o nascimento da jarosita em depósitos de gelo que cobriram o planeta há bilhões de anos. Conforme os lençóis de gelo cresciam, partículas de poeira teriam se acumulado dentro desse gelo, transformando-se em jarosita. Porém, esse processo seria novidade, já que nunca foi observado em planeta nenhum do Sistema Solar.

Na Terra, o mineral é extremamente raro. Porém, em Marte, a jarosita não é encontrada em pequenas quantidades, e sim em grandes depósitos. As amostras da substância encontradas na Antártica eram menores que um grão de areia, mas ainda conseguem colocar os cientistas mais próximos de provar que existe – ou, pelo menos, já existiu – água em Marte. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.