Seja o primeiro a compartilhar

Por que temos duas narinas?

Nascemos com dois olhos para conseguirmos enxergar a profundidade. Já o par de ouvidos serve como localizador de som. Mas por que temos duas narinas? Exceto pela baleia e o golfinho, todos os mamíferos possuem dois canais respiratórios. Para alguns animais, como a toupeira, o par se torna algo fundamental para a sobrevivência. E para os humanos, qual a necessidade de termos os dois buraquinhos no nariz?

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

Por que o nariz tem dois buracos?

Nossas duas narinas são divididas entre si pelo septo. Ao respirarmos, o ar irá passar por eles, mas com velocidades distintas em cada lado. Essa pequena diferença na rapidez do ar tem um grande impacto na hora de sentirmos cheiros. 

Isso porque evidências sugerem que algumas substâncias precisam passar bem devagar pelas células olfativas para serem detectadas, enquanto outras só são sentidas se forem bem depressa.

Você pode fazer esse teste em casa: tape uma das narinas e puxe o ar, faça o mesmo processo do outro lado. Provavelmente irá perceber que um dos canais carrega o ar mais facilmente do que o outro. O interessante é que, ao longo do dia, as narinas trocam de função. Ou seja, o lado que estava puxando mais “descansa” um pouco e o outro canal assume o trabalho.

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

Se não tivéssemos as duas narinas ou se elas se juntassem em uma única via, não poderíamos controlar a velocidade de passagem do ar e provavelmente não sentiríamos o cheiro da forma que fazemos hoje.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.