Seja o primeiro a compartilhar

7 detalhes curiosos sobre os ouriços-do-mar

A natureza é tão vasta que não para de nos surpreender. Popularmente conhecidos como ouriços-do-mar, os equinoides fazem parte do filo dos equinodermos e vivem apenas nos oceanos, onde respiram e excretam resíduos por suas guelras. Se você tem interesse em conhecer mais detalhes curiosos a respeito desses animais, confira a lista a seguir:

1. Ouriços-do-mar são invertebrados

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Esses animais são considerados invertebrados porque não apresentam coluna vertebral. Por outro lado, existe externamente uma estrutura calcária coberta por derme e epiderme, proporcionando mais proteção ao corpo.

2. Podem ser ingeridos por seres humanos

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Em alguns lugares, os ouriços-do-mar são considerados iguarias. Com sabor mais suave que o de camarões e ostras, podem ser servidos crus, cozidos ou misturados em sopas e outros pratos.

3. Uma espécie de ouriço-do-mar foi descoberta no eBay

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

O Coelopleurus exquisitus foi identificado pelo biólogo marinho Simon Coppard depois que ele o viu no eBay. Os detalhes da pesquisa até a identificação da nova espécie foi registrada no período especializado Zootaxa em 2006.

4. Podem viver até 200 anos no habitat natural

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Já no caso dos ouriços-do-mar que vivem fora do espaço selvagem, a expectativa de vida cai para cerca de 30 anos. 

5. O ouriço-flor (Toxopneustes pileolus) é o mais perigoso de todos

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

O veneno liberado pelos espinhos do ouriço-flor (Toxopneustes pileolus) é considerado o mais perigoso de todos, pois é capaz de matar seres humanos. Um dos elementos em sua composição pode causar a coagulação de glóbulos vermelhos e espasmos musculares, enquanto o outro é capaz de provocar choque anafilático, convulsões e morte. 

6. O Strongylocentrotus franciscanus é o maior dentre as espécies

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Enquanto em geral os ouriços-do-mar crescem até atingir 5 centímetros de diâmetro, o Strongylocentrotus franciscanus — encontrado na parte norte do oceano Pacífico — pode chegar a 10 centímetros na mesma dimensão.

7. Eles têm pés

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Ouriços-do-mar têm pés ambulacrários associados aos espinhos móveis, e é assim que eles se movem, mesmo que lentamente.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.