Seja o primeiro a compartilhar

Caixa dourada vai poder converter CO2 de Marte em oxigênio

Enviada para viabilizar o conhecimento de exploradores sobre Marte, a sonda Perseverance não é apenas um aparato tecnológico para coleta de recursos materiais e intelectuais, mas também a maior esperança da humanidade em entender a complexidade do território marciano para futuramente estabelecer colônias. E tudo isso poderá ser facilitado graças ao MOXIE, um instrumento capaz de converter o CO2 atmosférico em oxigênio.

O MOXIE, uma pequena caixa dourada guardada no chassi do Perseverance, faz parte do projeto ISRU (In-Situ Resource Utilization Experiment) da NASA, que possibilita a utilização de recursos locais para fazer experimentos, ao invés de contar com o transporte de materiais oriundos da Terra ou da Estação Espacial Internacional. A ideia por trás do dispositivo é viabilizar a produção de oxigênio para respiração ou como gás combustível.

"Quando enviarmos humanos para Marte, queremos que eles retornem em segurança, e para isso eles precisam de um foguete para decolar do planeta", esclareceu Michael Hecht, investigador principal do MOXIE. "Propulsor de oxigênio líquido é algo que poderíamos fazer lá e não ter que trazer conosco. Uma ideia seria trazer um tanque de oxigênio vazio e enchê-lo em Marte."

(Fonte: JPL-Caltech - NASA / Reprodução)(Fonte: JPL-Caltech - NASA / Reprodução)

Segundo as especificações do instrumento, seria possível produzir cerca de 10 gramas de oxigênio por hora em um equipamento considerado protótipo de testes para a NASA. A expectativa é que no futuro essas caixas douradas cresçam gradualmente até terem tamanhos comparáveis aos de geradores, visto que exploradores humanos precisam de cerca de 33 a 50 toneladas de combustível para saírem do Planeta Vermelho.

Período de testes

Realizando operações de até uma hora de conversão de gases, o pequeno MOXIE será utilizado por cerca de um ano marciano — equivalente a 687 dias terrestres — para garantir que possa funcionar corretamente sob uma grande variedade de condições geográficas. Considerado vital para a Terra, o instrumento do Perseverance configura como uma estrutura crítica às missões humanas, sendo tratado com o máximo de monitoramento.

(Fonte: MIT News / Reprodução)(Fonte: MIT News / Reprodução)

"Estou dedicando minha carreira a levar humanos a Marte", concluiu Eric Daniel Hinterman, estudante de doutorado em engenharia aeroespacial no Instituto de Tecnologia de Massachusetts e membro da equipe do MOXIE. "Se não tivermos humanos em Marte durante minha vida, levarei para o lado pessoal."

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.