Seja o primeiro a compartilhar

6 descobertas arqueológicas incríveis feitas nos últimos 20 anos

Cientistas e arqueólogos estão o tempo todo descobrir mais informações sobre o passado do planeta e da história da humanidade, mas o quanto é possível se descobrir no intervalo de 20 anos? A resposta é: muito! Desde 2001, diversas descobertas importantíssimas foram feitas e ganharam atenção mundial.

Por isso, nós separamos seis desses casos para você se maravilhar e apreciar como a arqueologia tem progredido nas últimas duas décadas.

1. Ossos da realeza

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Após ser morto na Batalha de Bosworth Field em 1485, o Rei da Inglaterra Ricardo III foi enterrado em uma igreja na cidade de Leicester. Porém, por mais de cinco séculos, a localização exata da igreja e do túmulo foram esquecidas. Apenas em 2012, uma escavação feita no convento de Greyfriars conseguiu identificar a cova.

2. Último navio escravocrata

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Em 2019, arqueólogos marinhos dos Estados Unidos encontraram o último navio escravocrata enterrado na lama do rio Mobile, no estado do Alabama. Apesar de a escravidão ter sido proibida nos EUA em 1808, o comércio ilegal de escravos continuou no país até 1860, quando a embarcação "Clotilda" velejou pela última vez.

3. Jogo de tabuleiro

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Um jogo de tabuleiro de 4 mil anos foi descoberto no Azerbaijão em 2018. Após analisarem um padrão incomum esculpido nas pedras de um antigo abrigo feito de rocha, os pesquisadores encontraram uma versão antiga do jogo "58 buracos". 

Segundo o Museu Metropolitano de Arte, o jogo era disputado entre dois jogadores, que usavam as peças em forma de estacas para disputar uma espécie de corrida pelo tabuleiro cheio de buracos.

4. Pintura rupestre

(Fonte: Maxime Aubert/PA Wire)(Fonte: Maxime Aubert/PA Wire)

Antigamente, acreditava-se que as cavernas de Lascaux e Chauvet, na França, possuíam as pinturas rupestres mais antigas da humanidade — datando para mais de 30 mil anos. Entretanto, figuras de mais de 45 mil anos de idade foram descobertas na Ilha da Indonésia de Sulawesi, passando a ser considerado o exemplo mais antigo de uma história completa sendo contada por imagens.

5. Cabelos humanos

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Um grupo de pesquisadores na África do Sul se consagrou em 2009 após identificar os cabelos humanos mais antigos já encontrados. Os fios foram datados para mais de 257 mil anos e apenas sobreviveram porque foram fossilizados nas fezes de hienas — o que poderia ser um exemplo do que nossos ancestrais caçavam.

6. Cerveja

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Os amantes de cerveja foram surpreendidos em 2016. Na época, arqueólogos chineses descobriram potes e recipientes usados para fabricação de cerveja e usaram os traços de resíduos para determinar a receita original. Foi então que os pesquisadores conseguiram restaurar a fórmula de uma cerveja de mais de 5 mil anos de idade.

A receita mostrou que a cevada estava sendo cultivada na China mil anos antes que se pensava, sendo uma das fórmulas mais antigas de cerveja conhecidas.



Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.