6 pares de animais que você nunca imaginou estarem relacionados

O Reino Animal é um lugar cheio de surpresas e cada criatura costuma contar com uma vasta gama de particularidades intrínsecas a sua existência. Entretanto, muitas espécies podem ser agrupadas na mesma família de seres vivos e costumam trazer consigo um mesmo tipo de antepassado — dando-lhes características similares.

Por outro lado, essa relação de parentesco nem sempre é como esperamos. Veja só seis pares de animais que você nem cogitou fazerem parte da mesma linha familiar!

1. Escorpiões e carrapatos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Muitas pessoas enxergam os carrapatos como insetos, mas a verdade é que eles são aracnídeos de verdade. Sendo assim, eles são parentes muito próximos dos escorpiões e das aranhas. 

Como similaridades, ambos possuem excelente olfato para detectar alimento e podem sobreviver adotando unicamente uma dieta líquida. 

2. Água-viva e coral

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais que os corais cresçam como se fossem plantas, eles podem ser considerados animais cnidários. Isto os coloca como parentes próximos das águas-vivas, animais com tentáculos em formato de tubo que possuem uma picada ardente.

A diferença entre as duas espécies é que os corais costumam se prender ao fundo do oceano para criar uma proteção e usar seus tentáculos para buscar por alimento, ao invés de utilizá-los para se locomover pela água.

3. Suricatos e civetas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Apesar de serem bastante ágeis e esguios como gatos, os suricatos e os civetas não estão nem perto geneticamente dos felinos. Na verdade, esses carnívoros africanos se destacam pelos seus corpos elásticos e são parentes dos mangustos e doninhas.

Por mais que as mães suricatas e civetas deem à luz em tocas subterrâneas, as semelhanças entre as duas espécies terminam por aí. De maneira geral, cada uma dessas criaturas possui estilos de vida e hábitos comportamentais completamente distintos.

4. Formigas e abelhas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Já parou para pensar como as formigas e as abelhas costumam construir comunidades muito parecidas? Por mais que por muito tempo a ciência tenha achado que as formigas fossem mais próximas das vespas, as abelhas são quem mais apresentam familiaridades genéticas.

Isso permitiu aos pesquisadores se aprofundarem sobre como a reprodução, alimentação e comportamento social evoluíram entre essas criaturas, tal qual cada uma de suas diferenças como espécies separadas.

5. Dingos e lobos indianos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Os dingos sempre foram vistos quase como uma espécie de cão-selvagem. Entretanto, um estudo feito em 2008 mostrou que essas incríveis criaturas selvagens australianas estão muito mais próximas dos lobos do que dos cachorros.

De acordo com a descoberta feita pelos pesquisadores em Sidney, os dingos possuem gigante similaridade genética com uma das menores espécies de lobo no mundo: os avermelhados lobos indianos — que possuem apenas 1 metro de comprimento, em média.

6. Cangurus e seres humanos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Para finalizar a lista, nada mais bizarro do que afirmar que os seres humanos estão de alguma forma relacionados aos cangurus, certo? Porém, a codificação genética de um walabi na Austrália mostrou que essas criaturas possuem diversos genes idênticos a nós, e muitos dispostos na mesma ordem.

Dessa forma, é bastante provável que os humanos e esses adoráveis marsupiais saltitantes tenham tido algum ancestral em comum há mais de 150 milhões de anos. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.