91
Compartilhamentos

Tempestade de areia: vídeos e fotos do incidente em SP

A população do interior de São Paulo vivenciou cenas de um filme de terror na tarde do último domingo (26). Nesse dia, diversas cidades da região, como Presidente Prudente, Franca, Jales, Araçatuba, Barretos e Araçatuba observaram a chegada de uma tempestade de areia com rajadas de até 100 km/h — deixando o céu completamente escuro.

A imensa nuvem de poeira também atingiu alguns municípios de Minas Gerais, sobretudo aqueles que fazem fronteira com o estado de São Paulo. Imagens gravadas por habitantes mostram a chegada do fenômeno e como ele foi arrastado pelo vento pelas ruas locais. Veja só!

Ventos fortes

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, as rajadas de vento registradas na região tiveram média de 50 km/h a 60 km/h, mas o vento foi muito superior em alguns municípios. No Aeroporto de Ribeirão Preto, por exemplo, rajadas de 92,7 km/h foram observadas antes de uma forte chuva com trovoadas. 

Imagens de satélite mostram que a tempestade de areia foi proveniente de uma grande área de instabilidade associada ao calor no interior de São Paulo, causada pelo aumento de umidade na região que gerou nuvens do tipo Cumulonimbus — responsáveis por gerar granizo e vento forte.

Durante os últimos dias, as tempestades de granizo causaram grande estrago em Minas Gerais. Segundo os meteorologistas, o risco de temporais na fronteira entre os dois estados deve permanecer durante as próximas semanas e até mesmo se acentuar em outubro, visto que uma massa de ar frio avança pelo Sul do Brasil.

Origem do Haboob

O fenômeno que atingiu São Paulo e Minas Gerais no último fim de semana é conhecido cientificamente como haboob, nome dado para um tipo de tempestade de poeira formada por meio de uma tempestade comum de chuva e vento. Um haboob costuma ser extremamente grande, com milhares de metros de altura e até 160 km de largura.

Durante uma tempestade tradicional, o ar frio desce para o solo e se espalha. Como as cidades do interior paulista e mineiro vêm enfrentando uma seca mais intensa do que o esperado nesse momento do ano, esse fator colaborou para que a poeira se espalhasse pelo ar e tomasse conta de toda a paisagem. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.